Noticias

Frutal Registra 135 Casos de Dengue Sem Ocorrências de Zika e Chikungunya, Segundo Boletim da Saúde de Minas Gerais

O mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais revela que Frutal enfrenta 135 casos confirmados de dengue, destacando-se, porém, pela ausência de registros de zika e chikungunya. Este cenário acende um alerta sobre a importância da prevenção e controle do Aedes aegypti, mosquito transmissor dessas doenças, especialmente em um estado que se prepara para mais um ano desafiador no combate à dengue.

Minas Gerais, com seu histórico de altos índices da doença, reforça a necessidade de ações contínuas para mitigar a propagação do vetor. A prevenção torna-se, portanto, a ferramenta mais eficaz contra a dengue, exigindo a mobilização de toda a população.

Medidas simples, mas consistentes, podem significativamente reduzir os focos do mosquito, tais como: eliminar água parada em vasos de plantas, pneus velhos e qualquer outro objeto que possa acumular água; manter caixas d’água, tonéis e barris fechados; limpar calhas e lajes para evitar acúmulo de água; e usar repelente de mosquitos regularmente.

A conscientização sobre a dengue é vital, visto que a doença pode evoluir para formas graves, colocando em risco a vida dos infectados. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e as autoridades locais continuam empenhadas em estratégias de combate ao mosquito, mas a colaboração de cada cidadão é fundamental para garantir um ambiente seguro e livre da dengue.

A população de Frutal e de todo o estado é encorajada a adotar práticas preventivas diárias e a participar ativamente das campanhas de conscientização, contribuindo para a saúde pública e o bem-estar coletivo. Juntos, podemos fazer a diferença no controle da dengue e na prevenção de outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

Comments

comments

rdportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação

%d blogueiros gostam disto: