Mulher descobre que seus dados são usados por golpistas em rede social

No final da tarde de ontem, em Itapagipe, um caso envolvendo uso indevido de dados pessoais foi registrado pela Polícia Militar. Uma mulher compareceu às autoridades para relatar que recebeu uma mensagem através do aplicativo WhatsApp informando que indivíduos estariam utilizando o número de seu CPF, juntamente com a foto de outra pessoa, para vender ingressos de um evento em Fernandópolis, no estado de São Paulo.

Após tomar conhecimento dessa situação, a mulher dirigiu-se ao quartel da Polícia Militar para solicitar o registro do caso, visando se isentar de possíveis problemas futuros, uma vez que foi informada sobre a possibilidade de ser processada. Vale ressaltar que o documento mencionado anteriormente foi perdido em uma data anterior.

Diante desses fatos, o registro policial foi feito para que o incidente seja documentado e investigado, visando a proteção dos direitos da vítima e a apuração das circunstâncias envolvidas nesse uso indevido de dados pessoais. As autoridades competentes estão empenhadas em tomar as medidas cabíveis para solucionar o caso e identificar os responsáveis.

Comments

comments

rdportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação

%d blogueiros gostam disto: