Procuradoria define promotores que atuarão em Grupo Especializado de Combate ao Crime Organizado na região

3112gaecoDiário Oficial do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) publicou, na terça-feira (29), os nomes dos promotores de Justiça que vão integrar a Unidade Regional do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Uberaba. O anúncio da designação foi feito pela Procuradoria-Geral de Justiça do Estado.

Foram designados quatro promotores para integrarem a unidade com sede em Uberaba. José Carlos Fernandes Júnior, Fábio Soares Valera (que já atuou em Frutal) e Genebaldo Vitória Borges, que atuam como promotores criminais em Campos Altos e Araxá, respectivamente. Wagner Cotrim Volpe Silva, que também já passou pela Comarca local e atualmente é promotor no município de Conquista, fecha o grupo.

Além do Ministério Público, o Gaeco integrará as polícias Civil e Militar e ainda outras forças de segurança em ações específicas contra quadrilhas organizadas. Todos os promotores continuarão trabalhando em seus respectivos postos, sem prejuízo às suas atribuições profissionais.

A unidade será responsável por combater o crime organizado nas comarcas de Araxá, Campina Verde, Campos Altos, Carmo do Paranaíba, Conceição das Alagoas, Conquista, Coromandel, Frutal, Ibiá, Itapagipe, Iturama, Monte Carmelo, Nova Ponte, Patos de Minas, Patrocínio, Perdizes, Presidente Olegário, Rio Paranaíba, Uberaba, Sacramento, São Gotardo e Tiros, municípios pertencentes ao Triângulo Sul.

rf2015d

deny

%d blogueiros gostam disto: