Golpe do falso boleto dá prejuízo de R$1,7 mil a vítima

Mais uma vítima do golpe do falso boleto procurou a PM para registrar o fato. Dessa vez, um homem de 37 anos, morador de Comendador Gomes, procurou a polícia para contar que tem um carro financiado por um banco e que foi pagar uma prestação vencida de seu carro e, para isso, acessou o que seria o suposto site oficial da empresa financeira.

Após entrar na área para emissão de boletos, teria sido iniciada uma conversa via aplicativo Whatsapp, com número de chamada de DDD 013, sendo que a conversa seria toda controlada por um “bot” (secretária eletrônica).

De acordo com a vítima, ele conseguiu emitir uma boleta no valor de R$1,7 mil e fez o pagamento na agência bancária. Porém, após quitar o boleto, passou a receber ligações de seu gerente da conta informando que, ao dar baixa no boleto, verificou que o beneficiário do pagamento estava distinto do que era informado no documento, sendo que o valor foi direcionado para a conta de um terceiro.

Imediatamente a vítima procurou a PM para registrar a ocorrência a fim de tentar bloquear o pagamento antes que fosse debitado em sua conta pelo sistema bancário. O caso agora segue para demais investigações.

%d blogueiros gostam disto: