Vereadora Irma busca informações sobre serviços de coleta de lixo e descarte de objetos

Por meio de um requerimento de autoria da vereadora Irma Rezende Rocha, ela solicita ao prefeito Bruno Augusto que seja encaminhado à Câmara informações a respeito do serviço de coleta de lixo na cidade.
Ela questiona se existe projeto de coleta estratégico para o período de pandemia, em relação aos descartes de objetos das residências em que há pessoas contaminadas e quais os projetos que apresentaram bons resultados em relação a esse descarte.
Irma indaga ainda sobre o monitoramento feito pela Secretaria de Saúde e o trabalho da Associação de Catadores de Recicláveis de Frutal (Ascafru) a respeito do descarte. E, por fim, a vereadora pergunta quais são as propostas para a reciclagem do lixo imediatas ou traçadas para o pós-pandemia.
Para ela, é preciso tomar todos os cuidados possíveis para evitar a propagação do vírus e suas variantes, por isso, é necessário separar com muito cuidado o lixo doméstico de pessoas contaminadas ou com sintomas, como o descarte de luvas, máscaras e outros objetos.
Irma ressalta que é possível observar muitos sacos de lixo espalhados pelas calçadas em algumas ruas. Ela comenta que em algumas cidades, as pessoas precisam ter uma lixeira em frente sua casa, caso contrário, está sujeito a penalidades.
A vereadora ressalta a importância do trabalho da Ascafru porque garante a subsistência de vários catadores de lixos recicláveis, além de significar também maior preservação do meio ambiente.
Segundo a vereadora, muitas pessoas estão separando o lixo orgânico e não orgânico em geral. Porém, dentro do caminhão de lixo, tudo é triturado junto.
“Falta um projeto de reciclagem que funcione. Mas isso não depende somente das ações da Prefeitura. Depende de todos nós. Por isso, torna-se necessária uma ampla campanha de conscientização da população, pela adoção de uma forma ecologicamente correta de destinação dos materiais recicláveis descartados pela população”, finaliza.

%d blogueiros gostam disto: