Senado aprova novas regras para eleições

Foi aprovada a minirreforma eleitoral que, se sancionada até dia 5 de outubro, já valerá para o ano que vem. E muita coisa pode mudar para quem gosta de acompanhar as campanhas e o desempenho dos candidatos. Dentre os principais pontos está o fato de que mensagens em redes sociais não serão mais consideradas como campanhas e qualquer conteúdo ofensivo será punido civil e criminalmente. Vejamos as mudanças:

Autoriza doação indireta para campanha eleitoral (por meio de sócios ou acionistas) de empresas com concessão de serviço público

Autoriza comício até a madrugada do dia das eleições

Limita número de contratações de cabos eleitorais

Limita gastos com alimentação em campanha a 10% da receita da campanha

Limita gastos com combustível em campanha a 20% da receita da campanha

Proíbe “envelopamento de carros” com adesivos

Proíbe pintura de muros e uso de cavaletes em vias públicas

Manifestações em redes sociais não serão consideradas campanha

Autor de ofensa em rede social pode responder civil e criminalmente

==

Fora isso, político ficha-suja continua impedido de se candidatar.

==

Enfim, muitas coisa a ser repensada para as eleições do ano que vem.

==

==

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: