Polícia

Mulher mata companheiro em Conceição das Alagoas

Na madrugada de 14 de janeiro de 2024, um homicídio foi registrado em Conceição das Alagoas, Minas Gerais. A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência na Rua Pirajuba, no centro da cidade, onde a agressora, uma mulher de 31 anos, confessou ter esfaqueado seu companheiro, acreditando que o mesmo estivesse morto.

Ao chegar à residência do casal, as autoridades encontraram a vítima sobre a cama com uma faca cravada no tórax, aparentemente próximo ao coração. A ambulância constatou a falta de sinais vitais e o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para confirmar a morte.

A autora do crime relatou um histórico de violência doméstica e abuso psicológico por parte da vítima. Ela afirmou que, desde o início do relacionamento de aproximadamente nove meses, a vítima se mostrava agressiva, cometendo diversas agressões físicas e verbais, além de ameaças de morte. Ela também relatou que era forçada a manter relações sexuais com outros homens a pedido da vítima.

No dia do incidente, a autora descreveu que, após o consumo de maconha pelo companheiro, ele se tornou violento e a agrediu, levando-a a se defender com uma faca. Testemunhas próximas confirmaram ter ouvido xingamentos e agressões na residência.

O Conselho Tutelar foi acionado e assumiu a responsabilidade pelo filho de quatro anos da autora, que também havia sofrido agressões do homem. A criança apresentava vermelhidão nas nádegas devido às agressões sofridas pela vítima. A mulher foi encaminhada ao hospital, onde foi constatada lesão em seu lábio superior.

Após ser atendida, a autora do homicídio foi apresentada na Delegacia de Polícia de Plantão de Uberaba para as devidas providências legais. O caso chama atenção para a gravidade da violência doméstica e as consequências trágicas que podem advir de situações de abuso e agressão prolongados.

Comments

comments

rdportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação

%d blogueiros gostam disto: