Justiça de Frutal absolve homem acusado de venda ilegal de munições

Depois de uma espera de cinco anos, saiu este mês a sentença de um homem de iniciais J.L.B.A.S., 30 anos, que era acusado de comercializar armas e munições ilegais em Frutal. A sentença proferida pela Justiça concedeu a absolvição dele.

Em 2018, ele chegou a ser preso em flagrante pelo crime, mas conseguiu um ‘habeas corpus’ para responder em liberdade. O acusado trabalhava em uma empresa de comercialização de armas e munições e estava com situação regular e vendia os produtores de forma lícita.

Conforme relata o advogado do acusado, Ricardo Rocha (Rochinha), a Justiça analisou as provas e depoimentos e reconheceu que teria sido armado um flagrante pela Polícia Civil, evidenciando que foi preparado e simulado e, portanto, realizado de forma ilegal.

“Ele estava apto para vender os produtos. A forma com que foi conduzido o flagrante é que foi ilegal. Então, entendemos que o flagrante foi preparado e por isso, foi ratificado e nulo pelo magistrado”, finaliza. A sentença cabe recurso.

Comments

comments

rdportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação

%d blogueiros gostam disto: