Frutal: Idosa é vítima de estelionato com falso correspondente bancário

Acionados via 190, a PM compareceu na tarde de ontem (16) no bairro Paralelo XX onde a vítima, uma idosa de 91 anos, relatou que recebeu um telefonema de uma mulher que dizia ser correspondente da Caixa Econômica Federal, sendo que depois de muita conversa ela disse que iria um motoboy na residência da vítima para pegar o cartão para recadastramento.

Após desligar o telefone, assim como foi combinado na ligação, o motoqueiro chegou na casa da vítima dizendo estar no local para pegar o referido cartão. A idosa entregou a ele o cartão da Caixa Econômica juntamente com a senha, CPF e um cartão do INSS, sem maiores dados utilizados para sacar a pensão a qual faz direito, vindo o motoqueiro deixar o local logo em seguida.

A vizinha da vítima ao ver tal situação e se inteirar dos fatos disse a idosa que isso se tratava de um golpe, sendo assim fez contato de imediato ao banco para cancelar o cartão da vítima. Em ligação com a gerência do banco a testemunha foi informada de uma transferência no valor de R$5.000,00 e um pagamento de boleto no mesmo valor, sendo que ambas as movimentações tiveram êxito no cancelamento de forma administrativa, porém foi feito um saque no caixa eletrônico no valor de R$2.000,00, o qual não foi possível cancelar. A gerência do banco informou, orientou e prestou todos os esclarecimentos necessários para a vizinha quanto ao procedimento para o ressarcimento do dinheiro para a conta da vítima.

A PM fez contato com a gerência do banco e foi informada de que a conta beneficiária da transferência é oriunda da cidade de Campinas, obtendo o nome da autora. A agência forneceu uma imagem do possível autor do saque, mas sem boa qualidade.

Texto: Maria Eduarda Salles – Estagiária do Blog do Portari

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: