Caso entre policial penal e presas da Penitenciária de Uberlândia será investigado pela polícia

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) vai investigar a denúncia de 2 detentas da Penitenciária de Uberlândia I contra um policial penal que teria favorecido a entrada de itens na cela, em troca de ‘favores sexuais’.
O caso será conduzido pela delegada Ludmila Carneiro, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). Nesta quarta (29), a policial confirmou a instauração de um inquérito que será conduzido de forma sigilosa.
A acusação das presas contra o servidor foi confirmada na terça-feira (29), pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). A ocorrência foi comunicada ao Ministério Público e ao Poder Judiciário.

Fonte: G1/Triângulo

Rodrigo Portari

Jornalista, doutor em Comunicação.

%d blogueiros gostam disto: