Motorista preso ao tentar fugir de abordagem da PM

Ao atender uma ocorrência na avenida Goiás (no Residencial Flamboyant), a Polícia Militar de Frutal se deparou com uma situação perigosa: um veículo Ômega em alta velocidade e em ziguezague. A PM iniciou uma perseguição dando ordem de parada, o que não foi obedecido pelo condutor. Além de não acatar, o motorista ainda jogou o veículo na direção dos militares e continuou a fuga em alta velocidade.

Após a PM montar um cerco na cidade com várias viaturas, eles conseguiram abordar o veículo. Mais uma vez, o condutor jogou o veículo sobre a polícia e um militar efetuou um disparo atingindo o pneu do Ômega. O motorista saiu do veículo e ameaçou matar os policiais, os passageiros que estavam com ele (um sobrinho, duas filhas – de cinco e um ano de idade –, a esposa e sua própria mãe) e depois se matar.

Mesmo com o pneu furado, o condutor entrou novamente no veículo e retomou sua fuga em alta velocidade, sendo obrigado a parar em um canavial por ter se atolado na lama. Mesmo assim, o motorista continuou suas ameaças à PM e a seus familiares até que os militares conseguiram abordá-lo com o uso de força física moderada.

O condutor, identificado como W.R.S.S., 35 anos, teria fugido da polícia porque tinha ingerido bebida alcoólica naquele dia. Levado ao hospital, ele se recusou a fazer o teste de alcoolemia.

Para o comandante da Polícia Militar de Frutal, major Ivanildo Gomes dos Santos, o caso foi de grande indignação, uma vez que o motorista colocou em risco a vida de sua família (incluindo duas crianças), das pessoas na rua e dos policiais, por estar sob influência de álcool.

“Se foge da polícia, entende-se que tem alguma coisa errada e que a pessoa está com drogas ou armas ou algo assim. Causa tristeza e indignação a gente ver que o condutor colocou em risco tudo e toda a família por não preferir tomar uma multa”, conclui. O motorista foi preso em flagrante e deverá responder por dirigir alcoolizado, desobediência e outras infrações.

Fonte: Pontalonline.com

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.