Os lagos do Parque Municipal estão secando, os peixes morrendo e os patos que moram no local, idem. Pessoas da comunidade tem se mostrado preocupadas com a situação. A cada dia que passa a coisa vai ficando mais séria e um vídeo foi postado no Facebook mostrando patos mortos no local, sendo que a veterinária Camila Castro suspeita de que tenham comido peixes mortos e se intoxicado. (A imagem acima é reprodução do vídeo produzido por Gardenia Ribeiro)

O pedido da população é que os patos sejam levados ou para o lago do clube Alvorada ou para algum pesque-pague até que o nível das águas dos lagos se restabeleça.

Segundo informações, havia uma previsão de que nessa tarde a prefeitura tomasse providências quanto ao problema. Estamos aguardando para ver.

Mas é fato que a situação não pode ficar desse jeito. Sob pena de vermos os patos morrerem, dia após dia, sem que nada seja feito. Vamos aguardar e esperar uma solução para mais esse problema.

==

==

 

Reunião na tarde de ontem entre Ministério Público e vereadores discutiu a questão do corte de árvores da Praça do Fórum. Recebi uma cópia do documento expedido pelo MP e assinado pelos promotores da Comarca.

==

Na Recomendação n°3/2014, os promotores apontam que “Considerando que o conceito de meio ambiente engloba a um só tempo o meio ambiente natural e o meio ambiente construído cultural e urbano, concebidos todos como direitos difusos da coletividades, passíveis de defesa através dos instrumentos extrajudiciais e judiciais previstos na Lei Federal 7347/1985″ [...]

==

“Considerando que esta promotoria foi cientificada informalmente que a empresa Ribeiro Alvim Engenharia LTDA. pretende efetuar o corte de árvores existentes na calçada do quarteirão onde está situado o Fórum local, para realização de obras de construção do passeio público, tendo sido solicitada a interferência da Direção do Foro local para que providenciasse ou viabilizasse a retirada destas árvores, sob pena de haver danos a calçada e entupimento de calhas,além de contribuir com a melhoria da visibilidade da fachada do prédio e do sistema de iluminação pública no seu entorno”;

==

***Pausa na recomendação: “melhorar a visibilidade da fachada”? Vamos tirar árvores para a obra ficar mais bonita aos olhos do povo? “Ave Maria”, como diria a minha falecida avó!***

==

E, ainda, destacando que o corte de árvores no perímetro urbano deve ser autorizado pelo Codema, ou seja, pela Prefeitura de Frutal, os promotores recomendam que:

“a eventual supressão ou corte de árvore dentro do perímetro da Praça do Fórum deverá ser precedida de prévia e expressa autorização do CODEMA e do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural, em razão de a Praça do Fórum fazer parte do rol de bens inventariados no Município, devendo ser comprovada pela empresa de engenharia a inexistência de alternativa técnica e locacional para permanência das árvores no local, bem como apresentado projeto de medida compensatório em área degradada a ser designada e aprovada pelo CODEMA previamente retirada destas, mediante expedição da necessária autorização ou licença, se for o caso”.

==

Ou seja: agora o CODEMA deve se posicionar, a empresa deve considerar uma forma de minimizar o corte de árvores e, se alguma delas for cortada, deve ser replantada em área degradada. Foi dado um prazo de 20 dias para a construtora apresentar medidas adotadas em relação à recomendação, e à prefeitura que divulgue essa recomendação.

==

Enfim, será que o caso se resolve? Tomara!

==

==

Replico nota publicada no Jornal da Manhã, de Uberaba, há alguns dias:

Cortando na própria carne
Delegados e agentes do 5º Departamento de Polícia Civil (DPC-MG) em Uberaba e da Corregedoria Geral de Polícia Civil de Belo Horizonte realizaram operação de combate ao tráfico de drogas em Frutal (MG). Seis pessoas foram presas, entre elas, dois policiais civis lotados naquela cidade. Segundo fonte da coluna, as investigações foram presididas pelo delegado PC Murilo, lotado naquela cidade, e apontaram quatro pessoas como responsáveis por grande parte do tráfico de drogas em Frutal e os dois policiais civis estariam supostamente dando proteção aos traficantes. As provas foram obtidas com autorização da Justiça. Todos estão presos temporariamente por 30 dias. Delegados e agentes da PC também cumpriram mandados de busca e apreensão na residência de todos os envolvidos. O delegado-chefe 5º DPC-MG, Ramon Tadeu Carvalho Bucci, explicou à coluna que não pode citar nomes ou falar sobre o caso, pois os fatos correm em segredo de Justiça, mas adiantou que os dois agentes da PC foram levados à Casa de Custódia de Policiais Civis em BH. Fonte: http://jmonline.com.br/novo/?noticias,91,SENTINELA,100922

==

 

Nos últimos dias tenho questionado sobre o que virou o poço profundo que a Copasa escavou para retirar água do Aquífero Guarani. Várias pessoas tem me repassado informações sobre o poço, inclusive, que ele está ali para ser usado.

No entanto, informações extra-oficiais afirmam que a água sai a uma temperatura muito alta (60°C) e que seria necessário resfriá-la antes de distribuir para a população.

Supondo – e não sou especialista no assunto – que essa água também deva passar pelo Tratamento na ETA, acho que já passou da hora da Copasa justificar os milhões que recebeu na renovação da concessão e que recebe mensalmente com as contas. Cadê o investimento nesse tanque de resfriação?

Outro ponto que achei um erro muito grave por parte da Copasa em Frutal: há 20 dias a empresa foi para as rádios dizer que a cidade estava sem risco de racionamento. Oras, mesmo que isso fosse verdade, fazer uma afirmação dessa foi como um estímulo para as pessoas não se preocuparem no uso racional da água potável. O resultado, a própria Copasa disse em entrevista na semana passada: no momento de maior baixa no recurso hídrico, mais aumentou o consumo por parte da população.

Enfim, mesmo que naquele momento houvesse água suficiente, o ideal seria adotar a boa e velha precaução: avisar à população que o risco era real e que não deveria desperdiçar. Agora, quem paga o “pato”, é toda a cidade.

Na minha opinião, a Copasa errou, muito. E não está conseguindo explicar suficientemente bem seus erros. Muito menos, corrigi-los.

==

==

Mazzarope cumpre mais duas promessas


O vereador Mazzarope (Ricardo Soares da Silva), tinha prometido à populares dos bairros Caju e Vila Esperança que ajudaria na questão do excesso de velocidade nas ruas. E cumpriu.
Hoje, já bem familiarizado com o trabalho de vereador, Mazzarope conquistou mais quatro redutores de velocidade (lombadas) para aquelas localidades de Frutal, além do calçamento de importante vias de ligação entre os dois bairros.
Lombadas foram instaladas nas ruas Sebastião Jonas Ferreira (Caju, que liga os dois bairros), de enorme fluxo e residências em ambos os Bairros Avelino Furtado de Mendonça (Vila Esperança), também com passagem de crianças e estudantes e praça com parquinho; e Raul José Miziara (Vila Esperança), sendo esta última bem em frente a Casa da Sopa, proximidades do supermercado e estacionamento deste, onde muitas crianças ficam brincando e atravessando pela rua.
Ainda na Rua Sebastião Jonas Ferreira, o vereador conseguiu, através de ação parlamentar, a construção de calçamento para a segurança de pedestres que passam pela via. “Agradeço ao Prefeito Mauri (Alves), ao Secretário de Atividades Urbanas, Acir (Antônio da Silva) e a Diretora do Departamento de Trânsito, Rosângela Trivilim, além dos meus colegas na Câmara que apoiaram minhas indicações. Agora, as pessoas dos dois bairros estão contentes e eu, mais ainda em poder cumprir a palavra.”, comemora Mazzarope.

Acidentes / Árvores / Copasa / Política

Final de semana com mortes nas rodovias de Frutal e região. Destaque para um motorista que acabou falecendo após capotar seu veículo na BR-153, na altura da Serrinha. O pneu de seu caminhão estourou, ele perdeu o controle e acabou acidentando. A carga de melão não espalhou pela rodovia, mas foi preciso interditar o trânsito por cerca de uma hora para os procedimentos de praxe.

==

Fora isso, o final de semana foi marcado por ocorrências como Lei Maria da Penha, acidente de trânsito, e outras coisas mais.

==

Mas o que ainda está dando o que falar é o corte de árvores da praça do Fórum. Muitas pessoas da cidade revoltadas com a situação e, inclusive, mobilizando já um abaixo assinado virtual para impedir a derrubada das árvores.

==

A intenção da população é evitar ao máximo a derrubada das árvores, especialmente por se tratar de um problema ambiental. O link para assinar o abaixo-assinado é o seguinte: http://www.avaaz.org/po/petition/Conselho_Municipal_de_Desenvolvimento_Ambiental_de_Frutal_Pedimos_que_os_senhores_mantenham_as_arvores_do_municipio/?nKNOVab

==

Em mensagem a esse jornalista, o advogado Renato Furtado observou que hoje, com o avanço da engenharia, é perfeitamente possível fazer desvios na rede de esgoto de forma que as raízes não destruam a tubulação. Para ele, o importante é que nenhuma árvore seja derrubada. Ou que o menor número possível seja.

==

Um internauta fez uma observação importante: antes das obras, a praça era de uso comum da população frutalense, sendo apenas a área do prédio do Fórum cercada. Ao que parece, com a reforma, toda a praça será cercada. Será que a comunidade deixará de ter acesso à praça? Eu mesmo, quando criança, morava ali nas imediações e a diversão no final de semana era andar de bicicleta naquela praça, disputando corridas com os amigos. Enfim, um caso a ser discutido também.

==

E o poço da Copasa? Recebi em rede social a planta e os dados do poço que retira água do Aquífero Guarani. Mas alguém me disse que, desde que o poço foi perfurado, nenhuma bomba foi instalada e que a Copasa não teria notícias se ainda havia água na profundidade em que foi escavado. Mas, em tempos de racionamento, tá aí uma pergunta sem ser respondida.

==

Frase do dia, dita a mim por um amigo lá no Centro de Frutal, na hora do almoço: “…estão pensando na cadeira de prefeito e se esquecendo do Brasil…”.

==

Por falar em política, fontes me disseram que o PSDB de Frutal está se mobilizando para essa última semana de campanha do segundo turno. A intenção é reforçar a exposição do nome de Aécio Neves e os benefícios trazidos para Frutal em sua gestão. O objetivo é vencer nas urnas da cidade nesse segundo turno.

==

Mas, para isso, será preciso colocar o pé na estrada. Sair das reuniões para o corpo a corpo com a população. Coisa que o grupo de Toninho, Ciça e Ésio começou a fazer desde o final de semana.

==

E olha que há pouquíssimo tempo atrás ninguém imaginava em formular uma frase com os três nomes citados anteriormente como um “grupo”. Nos últimos anos, sempre figuraram como “adversários”. Coisas da política frutalense que, com certeza, serão lembradas em menos de 2 anos.

==

==

E o racionamento de água? Preocupante. A chuva pendurou em cima de Frutal, desaguou por uns 10 minutos e parou. Acho que estamos precisando de mais orações. Porém, olhando por outro lado…

==

Há uns 15 anos a Copasa anunciou para todos que havia perfurado um poço profundo que retiraria água diretamente do Aquífero Guarani. À época, foi dito que a obra garantiria o abastecimento de água da cidade por muitos anos. O que virou o aquífero? E o poço? Perdeu? Está sem bomba?

==

Essa é uma pergunta que eu gostaria de fazer para a Copasa, já que muita gente está esquecendo desse detalhe.

==

Concordo que a falta de chuva foi determinante para que isso estivesse ocorrendo. A população precisa economizar e tudo mais. Mas cadê as obras de precaução?

==

Toninho Heitor, Ésio e Ciça, juntos, para divulgar a campanha da presidenta Dilma em Frutal. Uma cena, no mínimo, histórica, onde rivais políticos posam lado a lado em torno de um interessem em comum. A foto está publicada no site do amigo Edilson Luis (www.alofrutal.com.br) junto com texto completo.

==

O que chama a atenção na foto, na minha opinião, é a presença da Secretária de Promoção Humana de Frutal, Ana Cláudia. O apoio declarado dela a Dilma choca diretamente com o apoio declarado do prefeito Mauri a Aécio Neves.

==

A pergunta que me fizeram via SMS no celular: até quando o prefeito vai continuar abrigando “adversários políticos” em suas secretarias?”

==

E olha que eu estive bem longe de Frutal nas últimas 48h. Confesso que nem estava muito a par dos assuntos (afinal, a gente merece descansar um pouco também, não é?).

==

E para o advogado Renato Furtado o Codema está pecando no que diz respeito à questão das árvores do Fórum. Para ele, o órgão está se furtando à sua responsabilidade e transferindo o ônus do corte das árvores para a diretora do Fórum, juíza Raquel Agrelli.

==

==

Frutal e o risco da falta de água

Uma realidade que parecia distante já está mais próxima do que pensamos. Frutal, que sempre esbanjou água e o potencial hídrico que tínhamos, está prestes a sofrer com a falta de abastecimento. Em parte, pela estiagem que insiste em ficar sobre nós. Outra parte – e a mais séria – pelo consumo desenfreado e irracional por parte dos moradores que nunca imaginaram chegar a esse ponto e que tremem só de ouvir a palavra “racionamento”. A nossa parte, é economizar com o uso racional. E, na outra ponta, Copasa e Prefeitura também precisam apresentar planos de investimentos e soluções que podem evitar a falta de abastecimento na cidade. E acredito que o Unesco Hidroex, instituto onde o amigo Alexandre Guti Saad é vice-presidente, também possa nos dar um parecer sobre o que está acontecendo em nossa cidade. Enfim, o alerta é sério, muito sério. A luz amarela está acesa. Não deixemos chegar na falta total da água. Faça a sua parte. Eu já estou fazendo a minha!

Informações que chegaram até a mim ontem a noite apontam que o exame de DNA da menina que supostamente seria Bruna Marques de Melo, teriam dado negativo. Não tenho a confirmação por fontes oficiais, mas quem me avisou parece estar por dentro do assunto.

==

Caso se confirme o exame negativo, é uma pena. E o sumiço da garota persiste. O caso dela foi enquadrado entre os 10 mais misteriosos já registrados no estado de Minas Gerais.

==

E a polêmica sobre a derrubada de árvores na praça do Fórum? Segundo informações do repórter Nélio Barbosa, da 102FM, a construtora precisa derrubar 11 árvores sob a alegação de que podem prejudicar não só a obra, mas também destruir a rede de esgoto do local. Porém, o Codema exige que, acaso as 11 árvores sejam retiradas, outras 22 sejam plantadas.

==

Porém, o Fórum não teria dinheiro para comprar novas mudas. E alterar o projeto ou incluir novos gastos poderia significar em uma paralisação nas obras no ponto em que estão.

==

O Ministério Público já foi acionado para se pronunciar quanto à questão.

==

Segundo Nélio, o laudo apresentado pelo CODEMA é que as árvores são impróprias para o local. Elas seriam das espécies Monguba e a Sibipiruna, naturais do Pará. Segundo esse apontamento, as árvores podem atingir de 20 a 28 metros de altura e dessa maneira, ainda estão em crescimento e podem futuramente abalar as estruturas do novo prédio.

==

Em tempo: não tenho opinião formada sobre isso. Mas se o problema for o plantio de outras mudas na praça no lugar das que teriam que ser arrancadas, fica uma sugestão: a Usina Cerradão conta com um viveiro de mudas de espécies típicas da região de Frutal e que são destinadas à doação. Não seria o caso de buscar essa parceria com a Usina?

==

==

 

Família afirma que mulher morreu por conta de negligência do Hospital Frei Gabriel. Ela teria passado por uma cirurgia, teve alta, passou mal e voltou para o hospital. Apesar do ultrassom ter apontado em Frutal que estava tudo ok com a cirurgia, ela acabou sendo transferida para Uberaba e, lá, descobriu-se que o intestino havia sido perfurado e as fezes espalhado pelo interior do corpo.

==

O resultado disso foi uma infecção generalizada que, ao final, resultou na morte da mulher. A família está revoltada e pedindo explicações.

==

Segundo a sobrinha da mulher, apesar dela ter voltado ao hospital e reclamado das dores e de que estaria passando mal, ela teria apenas recebido remédio para gases.

==

A reportagem foi veiculada na Rádio 97FM há poucos minutos e não havia posição oficial da Prefeitura ou do Frei Gabriel sobre o caso.

==

Caso grave e que deve ter desdobramentos. Assim que houver posição oficial do município sobre o assunto, publico aqui.

==

==