A eleição da Mesa Diretora da Câmara

A Câmara de Frutal escolhe na sexta, dia 19, a sua nova mesa diretora que deverá gerir os serviços do Legislativo frutalense nos anos de 2015 e 2016. Detalhe que, durante esse período, passaremos por uma nova eleição municipal, o que significa trabalho em dobro e, provavelmente, muitas decisões importantes a serem tomadas pelos vereadores no que diz respeito ao futuro do município.
Nesse contexto, há tempos que já se sabia que a disputa pela presidência poderia acontecer. Até o dia 16, data limite para registro de chapas, havia apenas uma chapa registrada, tendo como candidato a presidente o vereador Sargento Marcelo – que nesse ano disputou a eleição para deputado estadual. Aos 45 minutos do segundo tempo, uma nova chapa foi registrada, encabeçada pelo vereador Bruno Augusto.
Junto com Marcelo, estão os vereadores Nei Vicentino (vice-presidente), Juninho do Sindicato (segundo vice-presidente), Sinomar Borges (primeiro secretário) e Romero Menezes (segundo secretário). Do outro lado, na chapa de Bruno, estão Edivalder Cheiroso (primeiro vice-presidente), Carlos Roberto Silva (segundo vice-presidente), Dr. Lúcio Afonso (primeiro secretário) e Josimar Ferreira Campos (segundo secretário).
Dessa forma, a eleição deverá ser decidida nos votos dos vereadores que não estão nas composições, que são: Mazzarope, Gleiva, Maíza, Joab e Zizi. Corre nos bastidores políticos que Gleiva, Maíza, Zizi e Mazzarope estariam compromissados a votar em Sargento Marcelo, enquanto Joab dará seu voto à chapa de Bruno Augusto. Assim, o resultado deverá ser o de 9 a 6, colocando Marcelo como presidente do Legislativo pelos próximos dois anos.
Com essa configuração, é certo que a Câmara manterá um perfil, pelo menos a priori, de apoio à atual administração de Mauri José Alves, uma vez que em sua composição e em seus apoios estão vários de seus principais aliados. Isso não significa, obviamente, que os outros seis vereadores serão oposição declarada. Mas é certo que o perfil majoritário dos que compõem a chapa de Bruno é o de oposição política ao prefeito.
Se nada mudar entre essa quinta e a sexta de manhã, mais precisamente às 9 da manhã, horário da reunião, esse será o desfecho da eleição desse ano. Porém, são mais de 24 horas entre a escrita desse texto e as eleições. E, daqui até lá, tudo pode acontecer. Só nos resta aguardar e ver.
Um grande abraço e até a próxima.
==

==

Encerrou-se ontem o prazo para inscrição de chapas para concorrer à Mesa Diretora da Câmara de Frutal. E duas chapas foram inscritas com a seguinte composição:

Chapa 1

Presidente: Sgt. Marcelo; Vice-Presidente: Nei Vicentino; 2 Vice-Presidente: Juninho do Sindicato / 1 Secretário: Sinomar Borges / 2 Secretário: Romero Menezes

Chapa 2

Presidente: Bruno Augusto / Vice-Presidente: Edivalder Cheiroso / 2 Vice-Presidente: Carlos Roberto / 1 Secretário: Dr. Lúcio Afonso / 2 Secretário: Josimar Ferreira Campos

==

A eleição acontece na manhã de sexta, à partir das 9h. na última reunião ordinária do ano. A inscrição da Chapa 2 aconteceu ontem a tarde, próximo ao prazo final dado pela atual presidência.

==

Diz-se nos bastidores políticos que o resultado da votação deverá ser de 9 a 6 para a Chapa 1. Além dos cinco inscritos, votariam em Marcelo as vereadoras Gleiva e Maíza e também o vereador Mazzarope.

==

Na chapa 2 os votos seriam dos cinco inscritos mais do vereador Joab de Paula Alves.

==

Para vencer a eleição basta uma maioria simples. Porém, como já vimos em outros anos, entre o dia 16 e o dia 19, muita, mas muita coisa pode mesmo acontecer. Eu mesmo já vi reunião começar com uma chapa vencedora e, na apuração dos votos, dar outra. Porém, àquela época, o voto era fechado. Hoje, com o voto aberto, surpresas são mais difíceis de acontecer.

==

Além da eleição, também deve ser votado o projeto de lei que aumenta – consideravelmente – a Taxa de Iluminação Pública em Frutal. Enfim, a promessa é de uma reunião “quente”, já que a taxa deve ser aprovada até 31 de dezembro para começar a vigorar em 2015.

==

==

Há pouco falei com o secretário de comunicação da prefeitura, Samir Alouan, sobre a situação do salário dos médicos de Frutal. Em nome da Prefeitura, ele explicou a seguinte situação:

1) houve um repasse do SUS abaixo do esperado, o que pode ser confirmado junto à página do Fundo Nacional de Saúde (www.fns.saude.gov.br) em que consta que na data de hoje, dia 16, serão creditados 70% dos recursos referentes ao procedimentos de Média e Alta Complexidade, sendo o restante creditado entre os dias 2 e 5 de janeiro de 2015;

2) Somado a esse fator, o município enfrenta queda de arrecadação no mês de dezembro, o que é típico em todos os municípios do país. No entanto, todos os médicos concursados pela Prefeitura já receberam seus salários. O atraso se deve apenas no pagamento dos médicos contratados;

3) Ele informou ainda que os médicos contratados já haviam sido informados da situação e que a previsão de pagamento dada a eles era de que até o dia 23 de dezembro seus salários seriam creditados, destacando, ainda, que normalmente o pagamento desses profissionais é feito no dia 15 de cada mês e que o atraso seria de apenas uma semana, sendo que não há nenhum outro salário atrasado referente aos meses anteriores;

4) Samir ainda destacou que não houve problemas no atendimento no Hospital Frei Gabriel em virtude da reunião dos médicos. O impacto nos atendimentos teria sido mínimo em um ou outro posto de saúde, conforme a Secretaria de Comunicação com base nos dados obtidos junto à Secretaria de Saúde do Município.

Após a reunião, não há possibilidade de greve por parte dos médicos contratados do município e o salário deverá ser saldado antes do Natal, ao que tudo indica.

==

==

 

Segundo informações atualizadas, os médicos estão reunidos com o prefeito Mauri no gabinete da Prefeitura para conversar sobre a situação dos salários.

Extraoficialmente ouvi uma versão de que o atraso se deu por conta de atrasos no repasse do SUS para a Prefeitura. Mas, por enquanto, não há uma versão oficial sobre o assunto.

Vamos aguardar os desdobramentos.

==

==

 

Duas fontes, quase que ao mesmo tempo, entraram em contato comigo há pouco para me relatar a seguinte situação: médicos contratados pelo município de Frutal estariam reunidos, agora, na Sociedade Médica, reclamando da falta do pagamento de salários por parte do município. Enquanto estão lá discutindo, as Unidades de Saúde estão sem atendimento e alguns até cogitam uma operação-tartaruga no Frei Gabriel.

==

Curiosamente, as duas fontes confirmaram a mesma informação mesmo sem saber que uma estava comigo ao telefone e outra pelo meio virtual, já que as fontes não se conhecem.

==

Conforme uma das fontes, a resposta mais plausível que os médicos teriam ouvido há pouco é de que havia um esforço para juntar dinheiro para fazer o pagamento dos salários até antes do Natal.

==

Enfim, as fontes são de credibilidade. Uma delas ligadas ao setor da saúde, o que reforça a sua informação. Esperemos para ver o que acontece. Sairia dessa reunião uma possível greve de médicos da saúde pública frutalense?

==

O espaço está aberto à Prefeitura e quem quiser se manifestar sobre esse caso.

==

==

Há pouco o vereador Josimar Ferreira Campos, relator do projeto que aumenta a taxa de iluminação pública, deu entrevista ao Raio-X dizendo que é contra o aumento do imposto. Ele afirmou que as taxas vão variar de forma muito brusca para os consumidores e, consequentemente, o bolso do contribuinte é que vai pesar a partir de janeiro, caso a taxa seja aprovada.

==

Ele foi o responsável pelo pedido de vistas do projeto e acrescentou que a manifestação da população contra o aumento da taxa é muito grande. Para completar, ele afirmou que espera que seus pares reavaliem seus posicionamentos e não aprovem o aumento da taxa.

==

Na sequência, o repórter Antônio Araújo destacou que os aumentos da Taxa serão variáveis de acordo com a faixa de consumo. Aqueles que consomem de 0 a 30 KW por mês, fica isento. De 31 a 50 KW, vai pagar 1%. A partir daí, de 51 em diante, o aumento é escalonado. Em alguns casos, como no intervalo de 51 a 100, o reajuste será de 100%, ou seja, vai sair de 1% para 2%.

==

Na faixa do “grosso” da população, que consome entre 200 e 500 kw por mês, o aumento será de 80%, saindo dos atuais 10% para 18%. Na prática, vou explicar usando o meu exemplo:

==

Na última conta de energia, o consumo em minha residência foi de 300KW, que gerou uma conta no valor de R$184,23. Em cima desse valor, paguei R$18,23 de Taxa de Iluminação Pública. Caso esse aumento seja aprovado, na próxima conta, em janeiro, eu pagarei R$33,16 de Taxa de Iluminação. Ou seja, terei um aumento de R$14,93 na minha conta. É justo?

==

Agora, façam a conta vocês. A tabela de reajuste será disponibilizada pelo Raio-X na FanPage do programa, no Facebook. E boa sorte ao conversar com seus vereadores sobre o reajuste!

==

==

Aumento da Taxa de Iluminação Pública / Buracos

O projeto de lei que reajusta a Taxa de Iluminação Pública em Frutal não foi votado na reunião da noite de ontem na Câmara de Frutal. Por um pedido de “vista” feito durante a reunião, o projeto volta à discussão na sexta, dia 19, data da última reunião ordinária do ano.

==

A discussão, finalmente, chegou às rádios e a 102FM, no programa Raio-X, já levantou a questão ontem e volta com ela hoje, tendo em mãos a cópia do projeto de lei. É preciso que a população participe dessa discussão, já que vai arder diretamente no bolso do frutalense.

==

É possível que o projeto seja aprovado. Mas, antes de tudo, deverá ser explicado em detalhes pela administraçaõ pública de Frutal.

==

Acidentes nas rodovias que cortam Frutal provocados em virtude de buracos. Agora as crateras que desfilam pela 364 e MG-255 começam agora a ter atenção de todos. As chuvas e veículos pesados só tem danificado ainda mais as rodovias. Espero que o governo federal e estadual olhem para essas rodovias logo.

==

Agora, em se tratando de final de mandato do governo do estado, acredito que somente no ano que vem que um tapa-buracos deve acontecer pela MG-255.

==

==

 

Política & outras

Última semana para registro das chapas para eleição da Mesa Diretora de Frutal. Até o momento, apenas a chapa encabeçada pelo vereador Sargento Marcelo está protocolada na Câmara Municipal. E as articulações ainda têm ocorrido na tentativa de se estabelecer uma nova chapa.

==

Diz-se nos bastidores políticos que até mesmo a ex-prefeita Ciça foi procurada para ajudar em uma composição para uma segunda chapa. Mas os resultados não teriam sido positivos.

==

De qualquer forma, o prazo para registro extingue-se, salvo engano, no dia 16, amanhã, às 16 horas. A última reunião do ano acontecerá no dia 19 de dezembro, pela manhã, quando deverá ocorrer a eleição por voto aberto.

==

Notícias vindas da região dão conta de que um padre que passou por Frutal há um tempo atrás acabou sendo detido por mostrar as partes íntimas para uma fiel. O caso acabou parando na delegacia para mais esclarecimentos.

==

Tanto a mulher que fez a denúncia e o pároco acabaram parando na delegacia para dar esclarecimentos. Enfim, o caso promete.

==

Esse mesmo religioso já havia se envolvido em um acidente por aqui quando trabalhava em uma paróquia da cidade.

==

==

 

Resumo do noticiário policial do dia

Uma casa ficou parcialmente destruída no bairro Flamboyant após um incêndio. Depois da ação dos bombeiros, os vizinhos passaram a dizer que a causa do fogo foi um curto circuito na rede elétrica, afirmando que se nada for feito para solucionar esse problema, mais incêndios poderão acontecer.

==

Um caso de agressão no bairro Princesa Isabel 2 terminou em furto. O caso foi registrado pela polícia militar.

==

No bairro Princesa Isabel 2 um homem foi agredido dentro de casa e os agressores ainda fugiram furtando a sua casa. Enfim, muito trabalho para a PM em Frutal por esses dias.

==

Um caminhonete modelo Hilux de cor prata foi localizada na MG-255, na zona rural de Frutal. O veículo estava abandonado e foi recolhido ao pátio do guincho para tentar localizar o seu proprietário.

==

E a casa mais bonita da cidade acabou sendo vítima de furto. Localizada na rua 13 de Maio, bandidos pularam o portão para levar enfeites de Natal. Uma pena que isso aconteça na cidade. Uma pena mesmo. Que desestímulo para quem gosta de ver os enfeites e para os proprietários do imóvel.

==

==

 

Uma postagem em Facebook do vereador Bruno Augusto já está movimentando os internautas e promete virar polêmica pela cidade. No texto, ele questiona à população se não seria melhor a prefeitura abrir mão de fazer o carnaval no ano que vem para investir dinheiro em escolas municipais e no hospital Frei Gabriel. Vejam:

==

Em 13 horas de postagem, mas de 160 comentários foram postados, a grande maioria apoiando o questionamento do vereador.

==

No entanto, a questão é de fato complexa: sabe-se que as verbas que são alocadas no orçamento normalmente já vem “carimbadas”, ou seja, já são montadas pensando-se em ações ao longo do ano seguinte. Resta saber até que ponto o questionamento do vereador irá surtir efeito.

==

Diga-se de passagem, não é de hoje que uma parcela da população questiona os valores gastos no carnaval. Mesmo porque, apesar de movimentar boa parcela dos frutalenses, a festa ainda não se tornou um grande evento regional como todos esperavam.

==

Reforçando a postagem do vereador, o músico Ary Veloso fez postagem sugerindo à Prefeitura que se fizesse o carnaval apenas com artistas locais, o que significaria uma grande economia para os cofres públicos.

==

No contraponto da solicitação, é comum ouvir-se na cidade que “Santo de casa não faz milagre”. Ao que parece, há uma resistência da própria população quanto a essa ideia.

==

Não tenho opinião absolutamente formada sobre essas duas questões. Entendo a importância dos dias de festa para a população, especialmente aqueles que não têm condições financeiras para viajar, ir para rancho ou outras cidade. Por outro lado, acredito que a festa ainda falta alguma coisa para “pegar” de vez. E não me perguntem o que falta, é apenas a sensação de uma pessoa que dá uma passadinha ou outra pelo carnaval da cidade.

==

Em que pese a questão da segurança, que é fundamental, a transferência do carnaval para o Parque de Exposições cria uma sensação de “vazio”. Lotar aquela arena é difícil e mesmo com 5 mil pessoas, ela fica pela metade. Somando com a área esplanada, camarotes e barracas de alimentação, a sensação de vazio é sempre constante.

==

O que já não acontecia quando o carnaval era na rua. Mesmo com a segurança mais fragilizada, a impressão que se tinha era de uma multidão espremida na rua. Enfim, fica aí a questão para todos pensarem, refletirem e opinarem.

==

==