Retomada cobranças da Área Azul. Entenda a situação

Desde o início da manhã o Blog do Portari recebeu diversas mensagens de pessoas questionando a retomada da cobrança da Área Azul na região central da cidade. O jornalista Rodrigo Portari entrou em contato com Dhouglas Araújo Soares, coordenador da Guarda Mirim, que explicou o motivo: a única renda para pagamento dos 80 guardas vem da arrecadação do estacionamento e, sem essa cobrança, não há como honrar com o salário desses jovens que são carentes e precisam desse rendimento.

“A Área Azul é auto-sustentável e temos 80 famílias que dependem dessa renda. Na maioria dessas famílias, a única renda que encontram é a da Guarda Mirim. São pessoas que precisam mesmo desse recurso e imploramos à Prefeitura para voltar o serviço para honrar a folha de pagamento. Não temos recursos para isso. Se não voltarmos, eles não receberão, como já vai acontecer agora: vamos atrasar o pagamento que seria na quarta”, explica.

Dhouglas adianta que para evitar mais transtornos, estão atuando na Área Azul apenas maiores de 18 anos, com luvas, máscaras, álcool em gel e que passaram por uma capacitação e orientação sobre os procedimentos de segurança para evitar contágio. “Infelizmente não temos uma reserva para honrar a folha de pagamento, essa é a realidade. Estamos na luta para tentar ajudar eles, na medida do possível”, reforça, acrescentando que “vários deles estão preocupados para voltar ao trabalho porque sabem que sem essa renda não receberão o seu salário”, finaliza.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: