Professor da USP morre em acidente na BR-153, em Centralina

O professor da Universidade de São Paulo (USP) Leonardo Guimarães Garcia, de 47 anos, que estava desaparecido foi encontrado morto neste domingo (19). Segundo o Corpo de Bombeiros, ele estava dentro do carro, que saiu da pista e caiu em uma vala na BR-153.

O corpo foi encontrado na cidade mineira de Centralina. Leonardo tinha saído de Anápolis na quinta-feira (16). O último registro que a família teve foi do carro filmado passando por Itumbiara cerca de 2h45 minutos de começar a viagem. Desde então, não tinham mais nenhuma pista do que tinha acontecido com Leonardo.

“Foi feito um boletim de ocorrências e os bombeiros de Goiás e Minas Gerais começaram a fazer buscas no sábado [19]. Ele foi localizado agora no início da tarde, sem vida. O carro invadiu a contramão, saiu da pista e caiu em uma vala”, disse o capitão Sairo Reis.

O irmão de Leonardo, o advogado Leopoldo Guimarães Garcia, contou que o professor estava em Anápolis, onde nasceu, desde o início da pandemia, para cuidar da mãe. Ele dava aulas online. Porém, na última quinta-feira (16), precisou voltar a São Paulo.

%d blogueiros gostam disto: