PF deflagra Operação ‘Fogo Amigo’ para combater grupo que cometeu latrocínio em Frutal

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (27) a Operação “Fogo Amigo”. O objetivo é combater um grupo criminoso especializado em roubos a agências bancárias em Minas e São Paulo. Segundo a PF, eles também são responsáveis por um latrocínio em Frutal.

São cumpridos 32 mandados judiciais, sendo dez de prisão preventiva, 17 de busca e apreensão e 15 de ordens diversas. Todos foram expedidos pela 4ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Uberaba.

Os mandados são cumpridos em Franca, Ribeirão Preto e Pedregulho, no interior de São Paulo. Segundo balanço parcial divulgado, dez pessoas foram presas.

As investigações apontaram que a quadrilha matou uma mulher para roubar o veículo dela e usou o carro na fuga após uma tentativa de roubo a uma agência bancária em Frutal em novembro de 2018.

A PF informou que o grupo tem sede nas cidades paulistas e foi responsável por outras explosões a agências bancárias em diversas cidades mineiras, como Conceição das Alagoas, Campina Verde, Ibiá, Tapira, Alterosa, Delfinópolis, Cássia, Capetinga e Claraval.

Eles Também são suspeitos de participarem de tentativa de assalto a transportadora de valores em Ribeirão Preto e a um carro forte na cidade paulista de Cajuru.

As apurações foram resultado de um trabalho integrado da Polícia Federal com a Polícia Civil e a Polícia Militar dos Estados de Minas Gerais e São Paulo. O balanço total da operação ainda será divulgado.

A PF informou, ainda, que o nome da operação é uma referência a uma das ações dos bandidos, na qual um deles é atingido por um disparo de arma de fogo realizado por um de seus comparsas, o que possibilitou posteriormente sua prisão em flagrante delito.

FRUTAL

%d blogueiros gostam disto: