Homem registra BO após filha gastar R$30 mil em seu cartão de crédito

Imagine você ir até à uma loja, realizar uma compra e, ao tentar pagar a conta no seu cartão de crédito, ele ser recusado sem motivo nenhum. Aí você vai procurar saber o que aconteceu e descobre que teve todo limite que você tinha utilizado? E, o pior, quando vai atrás para descobrir o que aconteceu, fica sabendo que sua própria filha usou seu cartão sem sua autorização?

Pois foi isso que aconteceu em Frutal e o pai da garota descobriu que ela usou seus R$30 mil de limite, totalizando 216 compras de valores diversos. O banco chegou a estornar parte do valor das compras para o cliente, no entanto, uma semana depois cancelou o estorno, já que como as compras foram feitas pela própria filha, não caracterizaria fraude.

Diante disso e para tentar sanar o problema, foi registrada a ocorrência para que a vítima do uso indevido do cartão possa contestar toda situação junto à agência bancária.

Rodrigo Portari

Jornalista, doutor em Comunicação.

%d blogueiros gostam disto: