Homem embriagado agride esposa e reage a prisão no Waldemar Marchi

Uma mulher de 34 anos foi vítima de agressões feitas pelo seu companheiro, de 35 anos, por volta das 21h30 de ontem, domingo, no bairro Waldemar Marchi. Ela contou para os militares que por volta das 19h havia tido uma briga com o marido, que estava embriagado. O homem saiu de casa e retornou duas horas depois, pulando o muro da residência e agredindo a vítima, tentando enforca-la e dizendo que a mataria se ela chamasse os policiais.

Ao perceber que a mulher pegou o telefone para ligar para o 190, o homem ainda tentou segurar suas mãos e quebrar seu dedo. Além disso, a mulher está operada e com uma estrutura de aço afixada no osso da perna e o homem deitou por cima dessa estrutura para tentar impedir que ela chamasse a viatura.

Porém, não deu certo e o homem foi encontrado em casa, exaltado, gritando com a equipe policiais de forma desconexa, dado o seu estado de embriaguez. Ao ser dada a voz de prisão o homem tentou reagir à colocação das algemas, além de xingar os militares. Foi preciso usar técnicas de controle para que ele fosse finalmente dominado e algemado para ser colocado na viatura. Já no hospital Frei Gabriel, para onde foi levado para avaliação médica, o homem ainda acertou um chute em um dos policiais, sendo o fato registrado na ocorrência. Ele ainda ameaçou um sargento de morte.

A mulher disse que não foi a primeira agressão que sofreu e afirmou que pretende representar contra o homem para dar fim a esse tipo de situação.

%d blogueiros gostam disto: