Golpistas emitem cartões e fazem compras usando dados de frutalenses

Entre o final de semana e ontem dois casos de estelionato de forma semelhante foram registrados envolvendo compras feitas em uma loja de departamentos utilizando dados de terceiros. Num dos casos, uma TV foi faturada em nome de um morador de Frutal para ser entregue em Imperatriz (MA) e, ontem, um telefone celular e uma TV foram faturados usando dados de outro frutalense para serem entregues em uma cidade do estado de São Paulo.

Em ambos os casos as vítimas tomaram conhecimento dos fatos após a transportadora entrar em contato para reclamar que não havia ninguém no endereço indicado para receber os produtos. Só assim tiveram ciência de que seus dados foram usados indevidamente para confecção de cartões de crédito que foram utilizados para as compras.

No primeiro caso, da entrega no Maranhão, a vítima registrou ocorrência após a empresa se negar a cancelar a compra, dizendo que não poderia fazer mais nada. No segundo caso, ontem, a empresa afirmou que já cancelou as compras e que estaria resolvendo a situação.

Porém, as ocorrências foram registradas para resguardar as vítimas que tiveram seus nomes e dados pessoais utilizados por estelionatários. Os casos seguem em investigação.

Rodrigo Portari

Jornalista, doutor em Comunicação.

%d blogueiros gostam disto: