GEPAM prende homem por pesca ilegal e apreende 24kg de peixes na Prainha

Um homem de 42 anos foi flagrado por pesca ilegal na região da Prainha. Ele estava usando redes e tarrafa para capturar os peixes e, por estar em período de Piracema (Defeso) esse tipo de prática é considerada ilegal, já que trata-se de período de reprodução de peixes.

Segundo o sargento George, do Grupo Especial de Polícia Ambiental (GEPAM), os militares receberam denúncia anônima de que o homem estaria praticando o crime e, na averiguação, ficou constatado que além do uso de materiais proibidos, o homem ainda estava pescando espécies proibidas de pesca.

“Encontramos 24,18 quilos de pescado entre barbados e piaus. Os peixes barbado estavam com sinais de captura recente, ainda não congelados e com as guelras vermelhas, mostrando que haviam sido capturados ainda pela manhã de ontem. Já os piaus estavam congelados e com sinais de pesca há mais tempo. O homem disse que estaria pescando para vender os peixes para as pessoas que vão para a Prainha”, explica.

O homem foi preso em flagrante e ainda sofreu uma multa de R$3 mil. Já o pescado foi apreendido e, após o laudo da Vigilância Sanitária, poderá ser doado para alguma instituição de caridade se estiverem próprios para o consumo. Caso o pescado esteja sem as condições adequadas, deverá ser descartado.

%d blogueiros gostam disto: