Escola Municipal Coronel Alonso de Morais conquista nove medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

O espaço, as estrelas e o sistema solar sempre fascinaram e intrigaram pessoas de todas as idades e gerações, inclusive as crianças. Prova disso é que 34 estudantes do quinto ano da Escola Municipal Coronel Alonso de Morais participaram da 24º edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA).
Este ano por conta da pandemia, todas as atividades da Olímpiada foram online, inclusive porque as atividades aconteceram no mês de maio, período em que o Estado de Minas Gerais estava na onda roxa do Programa Minas Consciente.
Mas mesmo longe da escola, os estudantes contaram com o apoio dos pais e professores e conseguiram alcançar excelentes resultados nesse ano. Ao todo a Escola Alonso de Morais conquistou nove medalhas: sendo seis de bronze, uma de prata e duas de ouro.
A cerimônia da entrega das medalhas e dos certificados de participação na Olímpiada ocorreu nesta semana na quadra de esportes do próprio colégio e contou com a presença dos familiares da maioria dos alunos medalhistas. Um ambiente que mesclava a alegria da conquista, mas também a tristeza da despedida, já que a partir do ano que vem esses estudantes se tornarão alunos de novas instituições de ensino.
De acordo com Tatiana Paula Silva Ribeiro, diretora da Escola Municipal Coronel Alonso de Morais, a participação na Olimpíada não era obrigatória. “Mas graças ao incentivo e ao apoio dos pais e dos professores várias crianças decidiram participar e aprender um pouco mais sobre esse tema tão fascinante que é a astronomia”.
A diretora destaca que decidiu promover uma cerimônia especial para a entrega das medalhas como forma de valorizar o esforço e a dedicação dos estudantes. “Convidamos os familiares para estarem com eles, com os professores, depois de tudo o que nós vivenciamos, tudo pelo que passamos, eles mereciam viver esse momento tão especial. Além disso, essas medalhas demostram que a educação vale a pena, que ninguém jamais vai tirar deles o que eles aprendem e que eles irão levar esses ensinamentos por toda a vida”.
Júlia Isabel Miranda Pinheiro, medalhista de ouro na Olimpíada, disse que decidiu participar da OAB porque ciências é uma das suas matérias favoritas. “Mas tinha umas perguntas que eu não sabia responder porque era de uma matéria que ainda não tinha sido dada pela professora, por isso precisei pesquisar em outras fontes. Fiquei feliz e surpresa com o resultado, pois nunca imaginei que pudesse ganhar uma medalha, ainda mais uma de ouro”.
Já Valentina Ferreira Santos, aluna que também conquistou a medalha de ouro, disse que ficou muito emocionada com a conquista. “Fiquei chocada, deu até vontade de gritar, não esperava, pensava que ia ganhar no máximo uma de bronze. Eu adoro desafios e foi muito legal fazer as pesquisas sobre os temas propostos, me diverti muito”.
Veja abaixo o nome de todos os alunos da Escola Municipal Coronel Alonso de Morais que conquistaram medalhas Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA).
Júlia Isabel Miranda Pinheiro- Ouro
Valentina Ferreira Santos- Ouro
Dainary Nascimento de Souza- Prata
Ana Eliza Carlos Souza- Bronze
Ester Emily Moreira da Silva- Bronze
Isabela Maria de Oliveira- Bronze
Kamilly Vitoria Soares da Silva- Bronze
Lara de Oliveira Pantaleão Ribeiro- Bronze
João Carlos Rocha Belizário- Bronze

%d blogueiros gostam disto: