Dona de locadora denuncia mulher que supostamente alugou Corolla e sumiu

Empresária de 35 anos acionou a Polícia Militar para relatar o furto de um veículo de propriedade de sua locadora. Segundo ela, um Toyota Corolla foi alugado no dia 29 de outubro e deveria ser devolvido na segunda-feira, 8 de novembro. Em contato com a pessoa que supostamente assinou o contrato de locação, foi informada de que apesar dos dados estarem corretos, a pessoa não reconhecia a foto do documento pessoal nem a assinatura do documento. O caso será investigado.

Segundo o registro da ocorrência, a empresária se deslocou a uma base da Polícia Militar na tarde desta quinta-feira (11) para relatar ter sido vítima de estelionato. De acordo com ela, uma mulher alugou um Toyota Corolla na empresa em que é proprietária e o contrato previa a devolução do veículo no dia 8 de novembro.

Contudo, o Corolla não foi devolvido na data acordada. Ao ser acionada pela empresária por telefone, a suposta locatária não reconheceu o contrato e informou que os dados realmente eram dela, mas que ela não reconhecia a foto do documento nem a assinatura do contrato. A empresária ainda falou com a mãe da suposta locatária, que igualmente negou que a filha tenha alugado algum veículo e informou que muito provavelmente os documentos dela foram clonados.

Ainda de acordo com a empresária, tanto a suposta locatária quanto sua mãe bloquearam o número da vítima, que não consegue mais fazer contato com elas. O boletim policial também indica que o localizador do veículo estava na cidade de Deodápolis, no Mato Grosso do Sul, próximo a um posto. Diante do exposto, a vítima acionou a polícia sul-mato-matogrossense e relatou a situação. Os militares daquela cidade se deslocaram ao endereço repassado pela empresária, mas não obtiveram êxito em encontrar o veículo.

O caso será investigado.

Fonte: Jornal da Manhã

%d blogueiros gostam disto: