Cientistas identificam praga em plantações de frutas cítricas em cidades do Triângulo Mineiro; entenda

Uma praga conhecida como cancro cítrico foi identificada por cientistas em plantações de pelo menos 5 cidades do Triângulo Mineiro. De acordo com o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), as plantas já foram erradicadas e as propriedades rurais são monitoradas.A doença foi constatada em mudas nas cidades de Frutal, Planura, Carneirinho, Campina Verde e Iturama. O engenheiro agrônomo e fiscal do IMA, Leonardo do Carmo, fez alerta os citricultores quanto ao manejo adequado para evitar a disseminação da praga para outras regiões do estado.“É importante que a cadeia produtiva se atente às normas sanitárias existentes”, reforçou.Ainda segundo Leonardo, os impactos do cancro cítrico estão relacionados à piora da qualidade da produção pela presença de lesões e queda prematura dos frutos, além da restrição do comércio para áreas livres da doença.“O IMA realiza os levantamentos sanitários em todo o estado com a finalidade de detecção do cancro cítrico nos pomares, fiscalizando o processo de certificação fitossanitária de origem executado por profissionais autônomos”, esclareceu.Cancro cítricoO cancro cítrico é uma praga que afeta espécies e variedades de frutas cítricas de importância comercial. Com origem na Ásia, onde ocorre de forma endêmica nos países produtores, foi constatado pela primeira vez no Brasil em 1957.

fonte: G1

%d blogueiros gostam disto: