Cemig alcança os melhores resultados de sua história

A Cemig registrou em 2021 a maior geração de caixa da história da companhia, que completa 70 anos no próximo mês de maio e executa atualmente o maior plano de investimentos de sua história. O Ebitda (Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) registrado em 2021 foi de R$ 8 bilhões, o maior valor nominal já apurado e 40,5% maior do que o de 2020. O lucro líquido da companhia cresceu 31%. 

Os indicadores de qualidade no fornecimento de energia também alcançaram uma melhoria histórica. A Duração Equivalente de Interrupção por Consumidor (DEC) foi de 9,46 horas no ano, o menor valor já registrado e uma redução superior a uma hora em dois anos.

O presidente da Cemig, Reynaldo Passanezi Filho, afirmou que os resultados são prova do fortalecimento pelo qual passa a empresa. “Os resultados mostram o fortalecimento da Companhia, em um momento em que a Cemig realiza o maior plano de investimentos de sua história e avança na gestão de passivos, com a recompra de US$ 500 milhões de títulos da dívida. Mas, acima de tudo, mostram o compromisso com nossos clientes e o propósito de transformar vidas com a nossa energia˜, afirma Passanezi.

Melhorias e investimentos

As perdas de energia também ficaram abaixo da meta regulatória. A redução das perdas de 2020 para 2021 é suficiente para abastecer por um ano um município de 240 mil habitantes, como Divinópolis, no interior de Minas. Em melhorias e ampliação na rede de distribuição, a Cemig investiu, em 2021, R$ 1,65 bilhão de um total de investimentos da ordem de R$ 2,12 bilhões, 29,5% a mais em relação ao ano anterior.

“Os investimentos na concessão de distribuição já se refletem na qualidade do atendimento aos nossos clientes, com mais agilidade e confiabilidade”, avalia Passanezi.

Para este ano, a empresa almeja ampliar o valor dos investimentos realizados no ano passado, alcançando R$ 3,97 bilhões. Esse valor representa um grande avanço na implantação do maior plano de investimentos da história da Cemig, que prevê o investimento total de R$ 22,5 bilhões até 2025.

Destaques

Um dos compromissos assumidos e cumpridos pela Cemig em 2021 foi a conclusão da venda da participação na concessionária Light, que gerou o recebimento de R$ 1,37 bilhão, e a recompra de US$ 500 milhões em títulos de dívida que venceriam nos próximos anos, o que diminuiu a exposição cambial da Cemig. A ampliação do prazo de vencimento das concessões das Usinas Hidrelétrica de Nova Ponte e Emborcação, localizadas no Triângulo, também é uma das realizações de destaque.

Reconhecimento

O bom momento da Cemig pode ser medido também pelo reconhecimento por parte do mercado financeiro. As ações preferenciais da Cemig registraram alta de 11,7% em 2021, enquanto as ordinárias apresentaram a melhor rentabilidade entre as ações do setor elétrico, com alta de 37,2%. No mesmo período, a Ibovespa caiu 11,9%.

Além disso, atualmente, a Cemig possui o melhor rating de sua história, segundo as agências de classificação de risco de crédito. 

Rodrigo Portari

Jornalista, doutor em Comunicação.

%d blogueiros gostam disto: