Besouteria conquista 2ª lugar para participação no Interbatuc

11011638_1431694803818149_8009523463459878663_nIntegrantes da Besouteria da Unidade Frutal da UEMG comemoram a classificação em segundo lugar para participação no Interbatuc, um evento promovido anualmente pela Liga Nacional de Baterias Universitárias (LNBU).

Várias provas foram vencidas pelos 40 acadêmicos que integram a Besouteria. A última delas foi a arrecadação de produtos não perecíveis para doação a uma entidade carente da cidade. Eles conseguiram mais de 1,3 toneladas de alimentos que foram entregues para a Direção da Casa da Criança, que atende 120 menores. Eles concorreram com 68 baterias universitárias e das 13 selecionadas, ficaram em 2º lugar.

Fundada pelo professor Edwaldo Costa (Guga), no ano de 2011, hoje, a Besouteria é comandada somente pelos alunos e tem como mestre de bateria, a acadêmica do curso de Administração, Bia Volante. Na época, o grande número de besouros que invadiam a universidade, nos meses de setembro e outubro, foi o que inspirou o nome da bateria.

Na presidência atualmente, o acadêmico do curso de Comunicação Social, Murilo Carvalho, afirma que a grande proposta da Besouteria é promover a integração dos cursos pela música e levar o nome da universidade nas apresentações, para vários cantos do país. “Somos uma família e juntos batalhamos muito pelo nosso projeto”, disse ele.

Para Murilo, foi motivo de muito orgulho a classificação da Besouteria para participação no Interbatuc, que acontece na última semana de agosto. O local ainda não foi divulgado. “O campeonato é o brasileirão do futebol das baterias universitárias”, comparou o presidente. Este é o segundo ano consecutivo que a Besouteria participa do Interbatuc.

O que não falta aos integrantes da bateria da UEMG/Frutal é força de vontade de fazer as coisas acontecerem. “Estamos cheios de planos e um deles é um campeonato universitário, só de baterias mineiras”, disse o presidente Murilo.

rf2015d

 

ioneidutra

%d blogueiros gostam disto: