Frutal está à beira da falta de água, afirma governador Pimentel

Frutal está entre as 63 cidades atendidas pela Copasa que está a beira de um colapso de falta de água. O dado foi divulgado ontem em entrevista coletiva feita pelo governador Fernando Pimentel. De acordo com ele, duas cidades do estado, Urucânia e Campanário, já estão sofrendo com a falta da água e outras 63 estão à beira de chegar a esse ponto.

O dado é preocupante e retoma um temor ocorrido no final de 2014, quando a cidade chegou a ter três dias de racionamento. O desperdício de água, somado ao consumo excessivo diante do calor intenso do começo do ano e a falta de chuvas nesse mês de janeiro está levando Frutal a se preocupar, mais uma vez, com o risco de ficarmos na seca.

Mais uma vez a questão do poço profundo que retira água do Aquífero Guarani deverá voltar à discussão. Desde que foi perfurada, há mais de 10 anos, o local foi lacrado e nenhuma bomba sequer foi instalada para puxar água do Aquífero. Essa seria uma solução para evitar o racionamento na cidade. Além dela, o uso consciente da água também.

O sinal amarelo, mais uma vez, se acende. Agora resta esperarmos o pronunciamento oficial da Copasa em Frutal, bem como ações de economia de água por parte da população.

==

rf2015d

chaplin

%d blogueiros gostam disto: