Final de ano promete ser movimentado na política

Os próximos 45 dias serão movimentados na política local. Isso devido a diversas mudanças esperadas no campo político, como, por exemplo, a reforma administrativa pretendida pelo prefeito Mauri Alves para dar a “sua cara” ao governo e também a eleição da nova presidência da Câmara Municipal de Frutal.

==

Na primeira esfera, no Executivo, além da demissão de Ana Cláuda da Secretaria de Promoção Humana, é esperada a nomeação do vereador Joab de Paula Alves para a Secretaria de Esportes. Além dessas, a outra mudança deverá ser a saída de Enilda Trindade da Secretaria de Fazenda, que poderá ser ocupada por Pedro Borges, atual chefe de gabinete e que já ocupou essa pasta anteriormente e, portanto, tem experiência para conduzir as finanças do município. De trocas, ao que parece, serão apenas essas. O resto do secretariado deverá ser mantido devido a diversos fatores: apoios políticos e competência técnica e administrativa para tocar os setores do município.

==
Assim, o prefeito Mauri terá dois anos para deixar sua marca definitiva enquanto mandatário da cidade e, se desejar, se credenciar para a reeleição. Nesse sentido, deverá enfrentar muita, mas muita oposição no que tange no setor da Promoção Humana, hoje ocupado por sua esposa Wilma Paulino. É mais do que certo que esse tenderá a ser o alvo das críticas do grupo da ex-prefeita Ciça na tentativa de se reavivar e alcançar a prefeitura novamente.

==
Acredito que será dessa forma que a pré-campanha começará a se desenrolar, colocando Ana Cláudia como uma virtual candidata caso haja alguma impossibilidade de Ciça de colocar seu nome nas urnas.

==
Já na Câmara Municipal, a eleição da nova Mesa Diretora promete movimentar os bastidores políticos nesse final de ano. Atualmente existe apenas uma chapa já registrada para assumir o comando do Legislativo, que é encabeçada pelo vereador Sargento Marcelo. Do outro lado, um grupo de vereadores ainda tenta se viabilizar para inscrever uma chapa concorrente. Mas, nesse sentido, há a necessidade de se organizar para obter a maioria dos votos, o que tem sido tarefa árdua para alguns parlamentares frutalenses.

==
É de se esperar, então, que a movimentação esteja intensificada nos próximos 40 dias. E quem conseguir melhor se organizar, com certeza, estará “bem na fita” no ano que vem e em 2016, quando os eleitores voltam às urnas para escolher prefeito e vereadores.
==

==

%d blogueiros gostam disto: