Família deixa o Marretão após acordo

Da assessoria da Prefeitura: Casal que residia no Campo do Marretão aceita acordo e deixa o local, que passa por obras de revitalização. O aposentado Anésio Antônio Castro e a esposa Aparecida Castro, conforme prometido anteriormente, terão amparo da Prefeitura de Frutal até que sejam contemplados com moradia do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, no qual já estavam inscritos – conforme laudo social da Secretaria de Promoção Humana.

O acordo foi assinado no dia 5 de novembro, em audiência de conciliação, realizada às 4h da tarde, no Fórum de Frutal. Participaram da sessão, além de Anésio Castro, a juíza da 1ª vara, Gisa Carina Gadelha Sabino; o promotor de justiça Renato Teixeira Rezende; o defensor público Sérgio Luiz Borges e os advogados José Pereira Guedes e Cláudio Rodrigues Borges – Procurador geral de justiça do Município.

Pelo acordo, o casal deveria deixar o galpão em que residia até às 18h desta segunda-feira (10 de novembro). Em contrapartida, teriam a garantia de aluguel social no valor de R$ 350,00 e inscrição no “Minha Casa, Minha Vida”. O auxílio da Prefeitura será repassado até que Anésio e a esposa, que já possuíam inscrição no programa de habitação recebam a moradia. A previsão é que o imóvel seja entregue no próximo ano.

Nesta manhã, a empresa Nasman Construtora, responsável pela reforma do Campo do Marretão, já começou a trabalhar na área – que até então encontrava-se restrita em razão da moradia do casal.

==

==

%d blogueiros gostam disto: