Patos / Copasa / Grande União em Uberaba / Desabafo de leitor

Após diversas postagens em redes sociais, a população se mobilizou em torno da questão da morte dos patos do Parque dos Lagos. No entanto, até o final da tarde de ontem os animais ainda não haviam sido retirados de lá. Por um lado, surgiu o argumento que os patos não são propriedade da Prefeitura. Por outro, de que não são animais silvestres, portanto, não são de responsabilidade da Polícia de Meio Ambiente. No meu entendimento, independente se são patrimônio da prefeitura ou não, o que vale ali é salvar os animais. Nem que tenha que ser feito um esforço coletivo de todos.

==

A situação é crítica e até o momento continuamos sem saber sobre a possível utilização do poço profundo da Copasa para garantir a água para cidade de Frutal.

==

E pensar que a renovação da concessão por 30 anos foi feita em troca de uma dívida de R$200 mil… Veja só:

A Aprofaae informa que o contrato inicial, com vigência de 30 anos e firmado pela legislação anterior (sem obrigatoriedade de licitação), terminaria em 2003. Mas, em 2000, o então prefeito Luiz Antonio Zanto Campos Borges assinou com a Copasa prorrogação da concessão por mais 30 anos para livrar o município de uma dívida de R$ 200 mil. O documento foi assinado por um termo aditivo, sem licitação ou autorização legislativa. Faltavam 12 dias para o término do mandato do prefeito.

Em 2003, o sucessor Antonio Queiroz extinguiu o termo aditivo. Mas o decreto do prefeito é ignorado pela Copasa. A 3ª Vara de Fazenda Estadual de Minas deu liminar para a empresa com o fundamento de que o município de Frutal não teria demonstrado o interesse público para a prestação de serviço público.”

Fonte: http://www.conjur.com.br/2007-set-06/associacao_contesta_prorrogacao_contrato_licitacao

==

Após anunciarem a “Grande União – Parte 2” em Frutal, Ciça, Toninho Heitor e Ésio foram a Uberaba nessa manhã acompanhar a campanha de Dilma Roussef. Ela chegou ao aeroporto acompanhada do governador eleito, Fernando Pimentel. Um frutalense que estava no aeroporto me mandou a seguinte mensagem: “E a turma estava pendurada no ombro do Pimentel”.

==

Outra pergunta que me fizeram ontem: se Dilma conseguir 15 mil votos em Frutal, a quem será atribuído, prioritariamente essa votação? A quem teve 12 mil votos? Ou a todos? Confesso que não sei a resposta.

==

Uma observação feita por uma pessoa que se mudou a Frutal há uns dois anos: “uma articulação em nome da Dilma não é um ataque ao Narcio ou um ataque a um partido oposto. É uma afronta ao povo de Frutal. Isso é um lamento de quem chegou de fora e, depois de se apaixonar pela cidade, não consegue entender”. Está feito o registro.

==

%d blogueiros gostam disto: