Grávida pula janela de casa para fugir de agressões do ex em Fronteira

Uma mulher de 23 anos, grávida, foi agredida por seu ex-companheiro, de 33 anos, na zona rural de Fronteira. O caso ocorreu na madrugada de ontem e conforme a mulher, ela rompeu o relacionamento com o homem há cerca de 20 dias justamente por ser vítima de constantes agressões.

No entanto, o homem continua indo atrás da mulher e esteve na casa da vítima onde, novamente, a agrediu com socos, causando ferimentos. Após isso, ambos conversaram e dormiram. Ao acordar, o homem percebeu que seu olho esquerdo estava inchado e disse para a mulher que iria fazer a mesma coisa com ela. Ele então pegou uma faca e partiu para cima da mulher, que, para se defender, se apoderou de um facão e conseguiu se trancar em um quarto.

No entanto, o homem acabou quebrando uma janela para novamente acessar o local onde ela estava. A mulher então pulou uma janela e conseguiu sair de dentro da casa e, às margens da BR-153, conseguiu ser amparada por um caminhoneiro que estava em um comércio, acionando a polícia.

Percebendo que a mulher havia pedido ajuda, o autor fugiu, porém, foi localizado pela polícia chegando em uma casa no bairro Angelo Passuelo. O homem foi preso em flagrante pelas agressões e conduzido para a Delegacia.

Além dessa ocorrência, a mulher já havia registrado pelo menos outras três em razão das agressões cometidas pelo seu ex-companheiro.

%d blogueiros gostam disto: