Em breve, os frutalenses não vão mais precisar viajar até Uberaba para doar sangue

Há anos uma unidade da Fundação Hemominas funciona na nossa cidade, contudo, a Agência Transfusional de Frutal não possui posto de coleta de sangue. Assim, aqui apenas é feito o cadastro dos doadores e um pré-agendamento de doação e, por meio de parceria com a Prefeitura de Frutal, esses doadores são encaminhados ao Hemocentro Regional de Uberaba.

O transporte, cedido pelo município, busca estes doadores em suas residências, deixando-os novamente em casa após a doação. Não há qualquer custo para a Hemominas ou para os doadores.

Mas em breve essa viagem até Uberaba não será mais necessária, pelo menos é isso o que acredita o médico Ildo Luís Carrilho de Castro, coordenador da Fundação Hemominas em Frutal.

Isso porque já está em curso uma ação conjunta entre a direção da Fundação Hemominas e a Prefeitura de Frutal para transformar a Agência Transfusional da cidade em um Posto Avançado de Coleta Externa, local onde ocorreria a coleta do sangue seguindo todas as diretrizes estabelecidas pela Hemominas, sem que o morador da nossa cidade precisasse viajar até Uberaba.
Para que o PACE seja criado é necessário que as partes envolvidas, Hemominas e Prefeitura de Frutal firmem um termo de cooperação mútua. A Fundação Hemominas ficaria responsável por coordenar as coletas de sangue, prestar serviços de supervisão técnica, treinar equipes, entre outras atribuições.

Já a Prefeitura de Frutal ficaria responsável por disponibilizar o imóvel onde ficaria sediado o PACE, adquirir os equipamentos necessários para o bom funcionamento do local, dentre outras ações.

Dr. Ildo explica porque o Hemominas não possui locais para a doação de sangue em todas as cidades de Minas Gerais. “É uma questão matemática e de custo, fica muito caro para a administração pública manter uma estrutura dessas em municípios cujo a demanda por esse serviço não é tão alto”.

O médico ainda destaca que a Prefeitura de Frutal tem trabalhado incansavelmente para que o nosso município conte com os serviços do Posto Avançado de Coleta Externa. “É algo burocrático que exige a estrutura adequada, uma série de alvarás e autorizações, mas o primeiro passo foi dado. E há uma boa vontade política tanto por parte do Executivo Municipal como da Fundação Hemominas. Além disso, um PACE não pode ser estruturado a toque de caixa, é algo que demanda tempo, mas sinto que em breve teremos boas notícias para a população frutalense”.

A secretária municipal de Saúde, Lamonise Ribeiro, ressalta a importância do PACE, que segundo ela, irá contribuir na assistência à saúde da população. Juntamente com o médico Ildo Carrilho, ela encaminhou ao Estado um pedido de redefinição junto à Fundação Hemominas para que a cidade possa avançar nesta nova modalidade de coleta. “A expectativa agora é quanto à aquisição dos equipamentos necessários e a autorização por parte do Governo de Minas”, informa.

E por falar em doação de sangue, o médico ressalta que por causa da pandemia os estoques reguladores do Hemominas estão abaixo do normal, contudo o Dr. Ildo faz questão de agradecer não só os doadores de sangue, mas também as pessoas que divulgam o trabalho desenvolvido pela Fundação. “Realmente a pandemia inibiu que as pessoas fossem doar sangue, mas a Prefeitura de Frutal está fazendo esse translado seguindo todas as normas sanitárias. Por isso, é fundamental que as pessoas façam esse gesto de amor, já que sangue não é fabricado em laboratório, ele só pode ser doado”.

Se você deseja se tornar um doador procure a Agência Transfusional do Hemominas em Frutal que está localizada na Rua Antônio de Paula, 160, no centro. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. O telefone de contato da Fundação em Frutal é o 3423-4300

%d blogueiros gostam disto: