Funcionário é preso em Planura por furtar marcenaria em que trabalha

 Uma marcenaria em Planura foi furtada pelo próprio funcionário de 29 anos na Rua Itaituba no centro da cidade, na noite de segunda-feira, 20. 

Segundo o proprietário de 26 anos, há cerca de dois meses atrás havia deixado alguns pneus e rodas no deposito de sua marcenaria, quando no sábado, 18, percebeu que os materiais haviam desaparecidos. Na segunda-feira notou que havia desaparecido uma “makita”. 

A vítima, recebeu informações de que seu funcionário havia furtado os objetos e escondido em um terreno baldio. Os policias sargento Mario Sergio e soldado Levi, encontraram a ferramenta escondida no terreno coberto por uma lona. 

O suspeito, funcionário da vítima foi encontrado pela PM e confessou ter furtado a fermenta e os pneus no sábado. Uma mulher de 43 anos também foi presa pela polícia por comprar os pneus do acusado, pagando 30 reais por cada um. 

O suspeito confessou para os policiais que entregou outro pneu para um conhecido de 51 anos, para pagar uma dívida. 

O indivíduo foi acusado de ter furtado também uma bicicleta verde faltando as rodas de seu vizinho pescador de 52 anos, a qual foi encontrada pela polícia em seu quintal. Ele relatou que estava de posse da bicicleta, mas que não havia furtado. 

O homem foi preso e ambos suspeitos de terem reptados os objetos foram detidos e apresentados na Delegacia de Polícia Civil.

Fonte: Portal Notícias de Colômbia

%d blogueiros gostam disto: