Vereadores propõem debater falta de água em audiência pública

Vereadores da Câmara de Frutal encaminharam ao prefeito Bruno Augusto, indicação em que propõem a necessidade de designação de uma audiência pública, em caráter emergencial, para debate sobre a falta de água, a crise hídrica e a prestação de serviços da Copasa no município de Frutal.
A proposição foi assinada pelos vereadores Juliene Sabino, Alex Freitas, Fernando da Quineira, Gislene Silva, Irma Rezende Rocha, Jarbinhas Despachante, Alexandre Braz, Maíza Signorelli, Juninho do Sindicato e Sinomar Borges.
No documento, eles ressaltam a importância da audiência. “Ressaltamos a necessidade do atendimento a este nosso pedido, considerando a falta de água em vários bairros da cidade, que tem trazido grande sofrimento e transtornos de toda ordem à população”, justificaram.
REPRESENTAÇÃO
Mesmo propondo audiência pública sobre o assunto, os vereadores também encaminharam representação à direção da Copasa, em Belo-Horizonte, solicitando providências urgentes sobre o desabastecimento constante de água nos bairros Waldemar Marchi I, II e III, Residencial Francisco Moron e demais bairros adjacentes.
“É preciso dar uma solução urgente a este grave problema, que tem assolado muitos bairros de nossa cidade, trazendo sofrimento e desespero à população, já bastante atingida pelos efeitos da pandemia da Covid-19 e que agora enfrenta mais este problema, devido à falta de investimentos da concessionária dos serviços públicos de água e esgotamento sanitário de Frutal”, afirmaram.

%d blogueiros gostam disto: