Homem se nega a atender telefone na frente da ex e caso termina em agressões e BO

Uma briga na partilha de carro entre um casal que está em processo de separação terminou em ocorrência de lesão corporal. E duas versões foram apresentadas para o caso. O homem alega que a sua ex-companheira o enforcou e ameaçou de morte, sendo que essa versão é reforçada pelo depoimento de uma cunhada dele (casada com o irmão desse homem). Já a mulher alega que ela não ameaçou o ex de morte nem tentou enforca-lo, dizendo que ele é quem faz isso com ela constantemente e, inclusive, com ocorrências anteriores registradas.

O caso todo foi registado na Polícia Militar pelas partes, que foram até ao quartel para registrar os fatos. Segundo a mulher, ela estava dentro dirigindo um carro tendo seu ex-companheiro como passageiro, momento em que o telefone celular dele chamou e ela disse para ele atender. O homem então teria dito que não atenderia o telefone, dando início à discussão.

Em determinado momento ela estacionou o carro e ambos desceram do veículo, onde a discussão continuou. A mulher tentou tomar o telefone das mãos do ex-companheiro e nesse momento ele teria agarrado a mão dela e torcido para que ela não pegasse o telefone, segundo a versão dela. Já o homem alega que na briga a ex-mulher o empurrou contra uma parede e passou a enforca-lo, só cessando a agressão com a chegada de seu irmão e cunhada.

As duas versões foram registradas e o caso agora segue para as apurações da Polícia Civil de Frutal.

%d blogueiros gostam disto: