Dengue provoca primeira morte de frutalense em 2014

Informações do jornal Diário da Região:

Uma mulher de 92 anos morreu anteontem por dengue. Maria Aparecida Brandão vivia há um ano e meio em Frutal-MG e estava internada há um mês na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base, em Rio Preto, estado grave. Ela será sepultada hoje no cemitério de Pirajuba-MG. De acordo com a família, os primeiros sintomas da doença começaram há um mês, quando a aposentada saiu de Frutal, onde morava com uma das filhas há um ano e meio, para procurar atendimento médico em Rio Preto. “Todos pensamos que era dengue, mas não nos foi confirmado. O que eu fiquei sabendo é que em razão da idade ela teve um derrame quando estava internada”, disse o neto Gesclei Gouveia, 41.

A assessoria de imprensa do Hospital de Base informou que a paciente foi trazida pelos familiares no dia 26 de fevereiro. Como o estado saúde era grave, a Secretaria de Saúde de Rio Preto foi comunicada do caso e fez a acompanhamento, mesmo ela não sendo moradora do município.

Caso importado

Segundo o Departamento de Vigilância Epidemiológica de Rio Preto, o caso de dengue e a morte pela doença serão contabilizados pela Secretaria Municipal de Frutal. Até o fechamento desta edição, a reportagem não conseguiu conversar com nenhum representante da pasta. A classificação do tipo de dengue que levou à morte da idosa ainda depende de análise feita pelo Adolfo Lutz. Maria era viúva e deixou a filha Gilda Suely (outros três filhos já são falecidos).

Fonte: http://www.diarioweb.com.br/novoportal/Noticias/Saude/178278,,Idosa+mineira+morre+de+dengue+em+Rio+Preto.aspx

==

==

%d blogueiros gostam disto: