Mulher é esfaqueada pelo ex por causa de medida protetiva contra ele

Agressões contra mulheres são uma realidade que muitas vezes nem mesmo as medidas protetivas são a solução. É o caso de uma mulher de 46 anos que foi vítima de um golpe de canivete na região da mama, do lado direito, desferido pelo seu ex-companheiro de 52 anos. E o motivo da suposta agressão foi justamente a existência de uma medida protetiva dela contra ele.

Conforme informações da ocorrência, o homem foi até a casa da ex e a impediu de fechar a porta da sala, adentrando à residência. Já dentro da casa dele, teria ameaçado dizendo que se ela não retirasse a medida protetiva, que tem validade de 12 meses a partir de dezembro do ano passado, a situação ficaria bem pior para ela.

Em seguida, com um canivete, ele desferiu o golpe do lado direito do peito, causando um ferimento de aproximadamente 10 centímetros de profundidade. O “machão” fugiu em seguida, sendo que a mulher foi socorrida por familiares ao hospital. O caso foi registrado e esperamos que a Justiça prevaleça e realmente proteja a vítima dessa covardia.

%d blogueiros gostam disto: