Hoje é Dia do Médico

A escolha do dia 18 de outubro para homenagear os médicos no Brasil tem origem cristã. Nessa data, a Igreja Católica comemora o Dia de São Lucas, um santo que em vida foi médico e, por isso, é considerado o protetor dos médicos pelos católicos.

O estabelecimento do Dia do Médico no Brasil é atribuído a Eurico Branco Ribeiro, um conhecido médico paranaense. Entretanto, não existem informações exatas sobre quando a data foi estabelecida no país.

O idealizador do Dia do Médico no Brasil nasceu em Guarapuava, em 1902, se formou em Medicina pela Faculdade de Medicina de São Paulo, em 1927, foi professor de cirurgia e fundou o Sanatório São Lucas, em São Paulo. Além de médico, ele foi escritor e filantropo e também era um cristão devotado. Assim, surgiu seu interesse pela vida de São Lucas, levando-o a pesquisar sobre essa figura cristã, o que resultou em alguns livros a respeito do santo.

O primeiro foi lançado em 1969. “Médico, Pintor e Santo” é uma obra de quatro volumes com mais de 600 páginas. Nela, Ribeiro cita que a Universidade de Pádua, na Itália, começou o seu ano letivo de 1463 em um dia 18 de outubro para homenagear São Lucas, que foi anunciado patrono do “Colégio dos Filósofos e Médicos”.

O médico paranaense ainda lançou mais duas obras sobre São Lucas: “O Livro que Lucas não Escreveu”, em 1969, e “Lucas, o Médico Escravo”, em 1974. Seus estudos e publicações fizeram com que fosse considerado um dos maiores entendedores de São Lucas em todo o mundo.

Dia do Médico e São Lucas

São Lucas, padroeiro dos médicos na religião católica, foi um dos quatro evangelistas do Novo Testamento. Em ordem cronológica, seu evangelho é o terceiro, após os evangelhos de Mateus e Marcos. Ele também escreveu o “Ato dos Apóstolos”, que serve como complemento do evangelho. Embora Lucas não tenha convivido pessoalmente com Jesus, seus textos são baseados nos depoimentos de pessoas que foram testemunhas da vida e da morte do Messias cristão.

Além de médico, acredita-se que São Lucas também era pintor, historiador e músico. Considerado patrono dos médicos desde o século XV, ele teria estudado Medicina na Antioquia, cidade onde também teria nascido. A Antioquia era uma cidade que hoje está localizada em um território sírio. Na época de Lucas, a cidade foi um dos centros mais importantes da civilização helênica na Ásia Menor. O médico não era hebreu e sim gentio, denominação dada a todo aquele que não seguia a fé judaica, tendo posteriormente se convertido ao cristianismo. Ele teria vivido no século I d.C., mas não se sabe com exatidão a data de seu nascimento, bem como a data de sua morte.

Na verdade, não há informações precisas sobre a vida de São Lucas, mas acredita-se que ele morreu aos 84 anos. Não se sabe com clareza se a data 18 de outubro se refere ao seu nascimento ou à sua morte.

Mesmo sem provas documentadas, para a Igreja, existem provas indiretas de que ele foi médico, sendo possível encontrar as principais delas na própria Bíblia. A primeira está na epístola aos colossenses, quando São Paulo se refere a ele como “Lucas, o amado médico”. Lucas e Paulo teriam sido grandes amigos. Referências históricas também dizem que Lucas foi um médico bondoso, abnegado e que se dedicava aos seus pacientes.

Outro indício de sua profissão está na terminologia usada por ele mesmo em seus escritos. Em algumas passagens, Lucas usa termos e palavras que mostram certa familiaridade com a linguagem médica da época. Esse indício se tornou objeto de estudos críticos comparativos entre os textos dos evangelhos de Marcos, Mateus e Lucas, sendo indicado pela Igreja Católica como relevante na comprovação de que São Lucas foi mesmo médico.

Fonte: https://blog.imedicina.com.br/18-de-outubro-e-dia-do-medico-saiba-um-pouco-sobre-como-essa-data-foi-escolhida/

%d blogueiros gostam disto: