Pertubação de sossego termina em prisão por desacato a policiais

A Polícia Militar esteve no bairro Francisco Moron por volta da 0h. de domingo por conta de uma ocorrência de perturbação de sossego. Num primeiro momento foi orientado à proprietária da casa que cessasse o barulho do som mas, infelizmente, a orientação não foi atendida pela moradora. Isso porque, tempos depois houve mais solicitações com denúncias de pertubação de sossego e aglomeração de pessoas tanto dentro como fora da casa.

A PM então retornou ao endereço e, nesse momento, a proprietária da casa reagiu, dizendo que não aceitaria ter o aparelho de som apreendido e nem iria cessar a festa. Os policiais então deram voz de prisão a ela e, nesse momento, outras pessoas que estavam na casa passaram a lançar objetos contra os militares, provocando a chamada de reforços. A mulher ainda tentou fugir pulando o muro dos fundos.

Nessa confusão, ela foi alcançada pelos policiais, sendo que ela se feriu ao tentar fugir. Quando os policiais, depois de recolher a mulher na viatura, voltaram para apreender o aparelho, a irmã da proprietária da casa pegou o equipamento e arremessou no chão, quebrando o aparelho e ferindo um policial com estilhaço do objeto. Todos envolvidos acabaram sendo levados para a Delegacia para lavrar a ocorrência e dar sequência às demais providências.

%d blogueiros gostam disto: