Ranchos no Rio Grande

Uma determinação do Ministério Público Federal exige a retirada imediata de 357 ranchos que estão construídos ás margens do Rio Grande, na área do reservatório da Usina Hidrelétrica de Água Vermelha. A determinação atinge em cheio proprietários de imóveis nas cidades de Frutal, Itapagipe, Iturama e Fronteira.

==

A determinação judicial veio depois de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), pedido pela A.E.S, concessionária dona da usina. Dois argumentos são colocados como principais para a retirada dos ranchos. O primeiro é que alguns imóveis estão construídos em locais que correm o risco de alagamento; o segundo diz que houve várias invasões de terrenos e construções irregulares.

==

Em Frutal, a determinação do Ministério Público Federal, atinge em cheio a região da Prainha, que faz parte do reservatório de Água Vermelha. A partir de agora, agentes da A.E.S Tietê e fiscais irão acompanhar de perto a retirada dos imóveis e, caso isso não ocorra em sessenta dias, pedir a demolição de todos eles.

==

Enfim, o caso promete muito ainda. Não é a primeira vez que os ranchos são alvo de ações conduzidas pela AES. Até hoje, nenhum rancho foi demolido. Agora é esperar para ver quais serão os desdobramentos dessa questão.

==

==

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: