Donos de bares e restaurantes acampam na Prefeitura em busca de flexibilização para o segmento

Proprietários de bares e restaurantes da cidade estão à porta da Prefeitura desde a manhã de ontem para protestar contra as medidas de funcionamento do comércio local que, até o momento, ainda não prevê o retorno de atividades desses estabelecimentos. Eles se instalaram no local esperando que seja dado um posicionamento do Comitê de Enfrentamento à COVID-19 do município e da prefeita Ciça sobre a possibilidade de que possam retornar às atividades no dia 1 de junho. Para que isso ocorra, é preciso que haja um novo Decreto Municipal flexibilizando o funcionamento do comércio.

Em suas redes sociais e em entrevistas à imprensa eles ressaltam que estão desde 20 de março sem funcionar e, mesmo o sistema de delivery não está sendo suficiente para garantir que possam pagar suas contas e manter seus compromissos. Os comerciantes afirmam que estão dispostos a atender todas as exigências sanitárias que forem impostas. Músicos também estiveram na manifestação para pedir a flexibilização.

Um novo decreto municipal deveria ter sido publicado ontem mas, até o momento, não foi expedido. Possivelmente o Comitê de Enfrentamento realize reunião extraordinária para debater o assunto.

%d blogueiros gostam disto: