Frutal registra dois homicídios em menos de duas horas

A noite de sábado (7) pode ser considerada trágica em Frutal. Entre as 21h e as 23h a Polícia Militar registrou dois homicídios por esfaqueamento, sem qualquer relação um com o outro. No primeiro caso a vítima foi José Ronaldo da Silva (detalhe à esquerda da foto), de 53 anos, morto no bairro Cidade Jardim por José Cícero dos Santos (detalhe à direita). Na outra morte a vítima trata-se de Raimundo Antônio Amorim (Baixinho), de 52 anos, morto no bairro XV de Novembro (foto maior).

Homicídio no Cidade Jardim

Conforme informações da ocorrência policial, a polícia foi acionada por volta das 21h15 à Rua Rondônia, número 52, onde o solicitante afirmava que um crime havia acontecido. Ao chegar na residência os militares encontraram José Ronaldo da Silva caído ao solo com perfurações feitas a faca, sendo duas delas no abdômen, uma no antebraço direito e outra nas costas. Junto ao corpo estava um “corote” de cachaça.

Testemunhas alertaram os militares que o autor do crime estaria na residência em frente a casa da vítima, no número 61 da rua Rondônia. Ao se deslocarem até lá os militares encontraram José Cícero dos Santos que estava no quarto junto com sua companheira. Segundo o relato dos policiais ele estava “eufórico” e com sinais de embriaguez.

Após ser detido pelos policiais o autor do crime confessou ter matado José Ronaldo, que era seu primo, e contou que desde sexta-feira ambos estavam ingerindo bebidas alcoólicas, como sempre faziam aos finais de semana. Conforme o autor, em determinado momento houve um desentendimento que resultou nas agressões a faca, negando-se a contar o motivo da briga.

Populares relataram aos policiais que um dos motivos seria ciúmes de Ronaldo em relação a sua companheira, uma vez que a mulher também frequentava a casa da vítima para fazer uso de bebida alcoólica. A arma do crime, uma faca tipo peixeira de 20cm, foi apreendida. Autor preso em flagrante e conduzido para a Delegacia para demais providências.

XV de Novembro

Já as 23h15 e a PM foi acionada via 190 para comparecer à avenida Brasília, esquina com a rua Antônio de Paula Silva, no XV de Novembro, onde conforme informações havia um homem caído ao solo com ferimento a faca. As viaturas se deslocaram rapidamente para o local e, chegando lá, foram avisados de que Raimundo Antônio Amorim (Baixinho), de 52 anos, caído próximo a uma bicicleta e que a vítima teria sido levada pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Frei Gabriel.

Apesar do socorro, Raimundo já chegou sem vida ao hospital. Conforme a equipe médica de plantão ele apresentava uma perfuração do lado esquerdo do peito. Em contato com a namorada da vítima, ela relatou que esteve com Baixinho até as 18h, não tendo mais contato depois deste horário. Também disse desconhecer qualquer desafeto e que se tratava de uma pessoa que se dava bem com todos.

Ela relatou, no entanto, que há uma semana estava na casa da vítima, na rua Minas Gerais, quando pediu a ele que fosse comprar cigarro em um bar que fica na rua Oriente, esquina com a avenida Brasília. E que ao retornar Baixinho estava exaltado, dizendo que fora acusado de furtar R$150 de um homem. No entanto, ela não soube dar características desta pessoa que o acusou há uma semana.

Ocorrência registrada e agora o caso segue para investigação da Polícia Civil de Frutal.

%d blogueiros gostam disto: