Tapumes são retirados do terreno da Câmara de Frutal

Por determinação do presidente da Câmara de Frutal, Pedrinho do Gás, e atendendo a decisão judicial, teve início na manhã de hoje a retirada dos tapumes do terreno onde está prevista a construção da futura sede do Legislativo. A remoção do material está sendo realizada em parceria com a Prefeitura de Frutal, que cedeu a mão de obra necessária. Em contrapartida, tijolos, madeiramento, vigas, vigotas e caibros que estão no local, serão doados para a Prefeitura a fim de que sejam utilizados em obras no município.

A retirada do material ocorre dentro do prazo legal, uma vez que desde a notificação houve alguns questionamentos feitos pelas partes envolvidas na Ação Civil Pública a fim de esclarecer pontos da decisão liminar que haviam sido proferidos pela justiça local.

“Estamos agindo dentro do que determina a justiça e com total transparência nesse assunto. A retirada do material está ocorrendo desde a manhã de hoje e quero deixar claro que essa sempre será a nossa postura em relação a qualquer situação que envolva a Câmara ou mesmo o meu mandato”, destacou Pedrinho do Gás.

Apurações

Em relação a possíveis danos ao erário público ou mesmo restituição de verbas, a Câmara de Frutal destaca que essa discussão já está ocorrendo tanto na Ação Civil Pública ingressada pelo Ministério Público, como também em procedimentos internos adotados pelo Poder Legislativo. Dessa forma, assim que todos questionamentos sobre a contratação e instalação dos tapumes estiverem esclarecidos, as informações serão divulgadas à população. Da mesma forma que deve ocorrer nos trâmites normais do Poder Judiciário.

Limpeza do terreno

Junto com a retirada do material, a Câmara, em parceria com a Prefeitura, estará realizando a limpeza do terreno, com a poda do mato e também retirada de lixos e entulhos que estejam acumulados no local.

Prosseguimento da obra

Conforme o presidente Pedrinho do Gás destacou, no momento estão em andamento a elaboração dos projetos complementares necessários à construção. No entanto, ainda não há uma decisão se será dada continuidade ou não à iniciativa de se realizar o prédio próprio do Legislativo.

Fonte: Câmara Municipal de Frutal

%d blogueiros gostam disto: