Toninho Heitor tem contas de 2004 rejeitadas pela Câmara

A Câmara de Frutal rejeitou as contas do exercício de 2004 do ex-prefeito e atual vice-prefeito Toninho Heitor. Parecer do Tribunal de Contas do estado considerou que houve “pedalada fiscal” na gestão e recomendou a rejeição.

Porém,  a palavra final fica com a Câmara de Vereadores. Para que as contas fossem aprovadas contrariando o parecer do Tribunal era necessário 10 votos. No entanto, apenas 9 vereadores votaram pela aprovação.

Já os vereadores Querino François, Bruno Augusto, Padrinho do Gás, Edivalder Cheiroso, Neivaldo Vicentino e Rainha votaram pela rejeição, seguindo a orientação do Tribunal de Contas. Assim, prevalece o parecer do TCMG.

Com a rejeição, Toninho poderá ter dificuldades para futuras candidaturas, já que contas rejeitadas por Câmara são passíveis de rejeição de registro de candidatura.

%d blogueiros gostam disto: