Suspeito de participar de quadrilha de roubo a carga é preso na BR-153 pela PRF

Ocorrência iniciada na manha de ontem resultou no sucesso da PRF em deter um roubo a carga que estava em curso. Conforme informações do boletim de ocorrência, por volta das 7h30 o gerente de um posto de combustíveis acionou os policiais após estranhar que cinco veículos chegaram ao local, sendo que no interior dos veículos haviam 10 pessoas em atitude suspeita. No entanto, assim que a PRF chegou ao local, os carros já haviam partido.

Por volta das 10h30 durante fiscalização na rodovia, a PRF realizou a abordagem de um dos veículos suspeitos na altura do KM 160, sendo identificados seus ocupantes (condutor e passageiro) como envolvidos em roubos/furtos de cargas na região. Eles informaram que seriam eletricistas de automóveis e que estariam indo para o estado de Goiás para dar socorro de um veículo. No porta alas havia várias ferramentas, porém, por falta de restrições, o veículo e os suspeitos foram liberados.

Posteriormente, no final da tarde (18h30) os veículos foram novamente localizados no posto Pratão, sendo que os dois homens abordados durante a tarde se encontravam junto com os outros ocupantes dos demais quatro carros. Já na manhã do dia 29 a PRF foi novamente informada que os veículos retornaram ao posto de combustíveis localizado em Frutal. A PRF saiu em busca dos suspeitos e os encontrou almoçando no Posto Chapadão. Um dos homens foi abordado e alegou que seria passageiro de um ônibus que viajava com destino a Foz do Iguaçu (PR), o que foi prontamente identificado como informação mentirosa ao se conferir a lista de passageiros do ônibus. Funcionários do posto ainda confirmaram que o suspeito teria chegado sozinho em um carro e realizado um lanche minutos antes.

Ao ser novamente questionado, o homem informou um nome diferente daquele que constava em seu RG, bem como outra data de nascimento diferente da que estava no seu documento apresentado anteriormente. Diante da inconsistência de informações e sob suspeita de estar com documentos falsos, ele foi detido e encaminhado à sede da PRF e para Delegacia de Frutal para sua verificar sua real identificação. Enquanto isso, o carro em que ele estava, um Toyota Corolla de cor cinza foi removido pela polícia.

Ao chegar à base da PRF os policiais foram informados de uma tentativa de roubo à carga de frigoríficos ocorrido no pátio do posto Marajó e que o motorista estaria a caminho da polícia para registrar a ocorrência. O homem preso anteriormente negou ter envolvimento com o crime, porém, pouco depois, o celular do homem detido tocou e ao ser autorizado pela PRF a atender a ligação, a pessoa que havia ligado disse a seguinte frase: “avisa que eu roubei”.

Os policiais, então, resolveram verificar as mensagens de texto no celular do suspeito e encontraram diversas mensagens que evidenciavam clara comunicação entre comparsas de uma quadrilha de roubo a carga. A PRF solicitou o que o indivíduo preso realizasse ligações para os números cadastrados em sua agenda e, em uma delas, o outro suspeito informou que estaria no Posto Cinquentão, próximo a Comendador Gomes. Contrariando a ordem dos policiais, o homem detido tentou avisar ao comparsa de que havia sido peso, proferindo a frase “estou na Federal”, confirmando sua concreta participação no crime, sendo dado voz de prisão em flagrante.

 

 

 

Pouco depois o motorista da carreta chegou à PRF para registro da ocorrência, sendo que ele relatou que três homens teriam adentrado a cabine da carreta e anunciaram o roubo, mandando que ele permanecesse olhando para dentro da cabine. Ao tentar conduzir o veículo os assaltantes perceberam que o bloqueador havia sido acionado e que a carreta não ultrapassava 20km/h, obrigando o motorista a reassumir o veículo e o levando até Prata (MG), onde desceram e fugiram. Ao saírem eles ainda roubaram R$300 em dinheiro que estava na carteira, quebrando ainda o vidro da porta do motorista e o painel do veículo. A ocorrência foi registrada e demais investigações prosseguem pela PC.

%d blogueiros gostam disto: