Bruno cobra aumento salarial para servidores municipais

“A desvalorização dos servidores públicos municipais é uma realidade que existe há vários anos em Frutal, pois os gestores se preocupam em atender os aliados, lhes garantindo cargos com altos salários e pouco serviço”

Com essas palavras o vereador Bruno Augusto fez um desabafo na reunião da Câmara desta segunda-feira (24). Ele encaminhou a prefeita Maria Cecília um requerimento, questionando-a quando será dado o aumento aos servidores da Prefeitura. O vereador falou da existência de um vício no Executivo que atinge diretamente os munícipes.

“Historicamente em Frutal quando o prefeito senta na cadeira, se preocupa primeiramente em atender as pessoas que lhe apoiaram nas eleições. Este é um vício que retrocede a prestação dos serviços públicos, pois na maioria das vezes, os apadrinhados ocupam funções sem qualquer conhecimento e são responsáveis pela má prestação dos atendimentos essenciais à população”, afirmou.

Bruno destacou que este ano sequer o reajuste anual foi concedido aos servidores, o que julgou irresponsabilidade por parte do Executivo.

“Diariamente pessoas ligadas a partidos, aliados políticos e bajuladores são nomeados em diversos cargos de confiança na Prefeitura. Tem cargo pra tudo, alguns até inimagináveis. Aí quando cobramos ações concretas do Executivo, somos taxados de perseguidores e radicais, mas é revoltante você ver a máquina pública ser usada para atender um seleto grupo, enquanto servidores concursados, são desrespeitados e têm seus direitos escancaradamente roubados”, enfatizou.

O vereador ainda declarou que o Executivo arruma desculpas e tenta” justificar o injustificável”, segundo ele.

“Hoje a maior desculpa do Executivo é a gestão anterior. Falam em dívidas, como sem em 2012 tivesse entregado a Prefeitura em ordem. Acreditam que essa ladainha convence a população. Se a gente analisar por cima, sem se aprofundar, vê que tudo não passa de mentira. Ora, não tem dinheiro pra tampar os buracos, mas arrecada 4,7 milhões de IPVA. Não tem dinheiro para reajustar o salário dos servidores concursados, que estudaram para ocupar o cargo, mas tem dinheiro pra criar centenas de outros cargos para os mais chegados. Nossa população espera menos desculpas e mais ação. Não querem mentiras, querem resultados. É pedir muito?, finalizou.

%d blogueiros gostam disto: