Júri condena autor de homicídio em Planura a 14 anos de prisão

O Tribunal do Júri da Comarca de Frutal condenou a 14 anos de prisão José Sanderson Moraes da Silva, acusado de ser autor de homicídio contra Alan Roberto Santos Barbosa ocorrido em 15 de fevereiro de 2021 no município de Planura.

De acordo com a denúncia, José Sanderson disparou contra Alan após uma discussão por motivos fúteis em um bar localizado na Rua João Januário, no bairro Jardim Esplanada. Após sua prisão José acabou confessando a autoria do crime e, na denúncia feita pelo Ministério Público, foi solicitada a condenação por homicídio qualificado, sendo eles: motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

O julgamento foi realizado na manhã deste dia 1 de agosto no Fórum de Frutal.

O crime

No dia 15 de fevereiro de 2021, a PM de Planura recebeu uma ligação através do número 190 de uma pessoa dizendo que teria alguém ferido em um bar localizado na Rua João Januário, no bairro Jardim Esplanada.

De imediato a guarnição deslocou até o endereço e se deparam com a vítima Alan Roberto Santos Barbosa, de 28 anos de idade, natural de Conceição das Alagoas, caído no chão e agonizava no local, apresentava aparentemente duas perfurações no tórax por disparos de arma de fogo. Foi acionada uma ambulância que socorreu a vítima para o Hospital, porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Em conversa com testemunha, foi dito aos militares que essa vítima já chegou correndo nesse bar com esses ferimentos e logo em seguida caiu ao solo. José Sanderson foi identificado posteriormente pela Polícia Civil e, agora, condenado pelo Tribunal do Júri.

Rodrigo Portari

Jornalista, doutor em Comunicação.

%d blogueiros gostam disto: