Cá estamos, 2022, com eleições e Copa do Mundo

E cá estamos em 2022. Talvez muito parecido com o que estávamos em 2020. E mais parecido ainda com 2021. Porém, o Ano Novo chegou. As esperanças se renovam. A fé se renova. O fechamento do ciclo nos traz aquele misto de alívio por estarmos vivos apesar de todas as turbulências enfrentadas “day after day”.

O ano de 2022 traz também de volta duas velhas paixões conhecidas dos brasileiros: eleições e Copa do Mundo. Nessa ordem. Outubro escolheremos presidente, governador, senador, deputados federal e estadual. Em novembro preparamos o coração para disputar, no Qatar, a Copa do Mundo.

Nesse contexto o ano que se inaugura nesse sábado promete ser quente. A briga política pela presidência da República deverá ser intensa. Não há dúvidas disso. De um lado a possível tentativa de reeleição. De outro, ex-presidentes e políticos querendo chegar ao topo do poder no Brasil. E, para isso, não vão sobrar críticas, discursos, diretas e indiretas que pipocarão na mídia, nas redes e entre os cabos eleitorais de candidato A, B ou C.

Em termos de estado, a situação não será diferente. É bem possível que vejamos um duelo entre Romeu Zema e Alexandre Khalil, prefeito de Belo Horizonte. E, para a Assembleia Legislativa, teremos em nossa cidade e região candidatos em disputa como Arnaldo Silva Jr, que assumiu há cerca de 8 meses seu mandato, e Raul Belém, que tem dispensado atenção especial para esse canto do Triângulo.

É, meus amigos… 2022 chegou. Bora bater a poeira, curtir a “soca” e a ressaca da virada, respirar no domingo porque dia 3 é “pé na tábua” para esse novo ano.

Boas comemorações a todos!

Rodrigo Portari

Jornalista, doutor em Comunicação.

%d blogueiros gostam disto: