Homem atira jarra contra esposa em São Francisco de Sales

Uma mulher de 36 anos procurou o Pronto Socorro de São Francisco de Sales por volta das 12h de ontem após ter sido agredida pelo marido, de 43 anos. Ela relatou que desde sexta-feira estava fora de casa por sofrer agressões e ameaças de seu companheiro, porém, como não tem lugar para morar, não se separou definitivamente dele. Além disso, ela depende do emprego que mantém na zona rural, local onde mora com o homem e seus quatro filhos.

Porém, ao retornar para casa por volta das 10h30 de domingo, encontrou o autor bebendo cachaça e, imediatamente, começou a brigar com ela perguntando onde ela esteve nos últimos dois dias. O homem então acertou um soco no peito da esposa, fazendo com que ela caísse no chão.

A mulher então se levantou e saiu correndo, sendo perseguida pelo homem que levava uma jarra de vidro nas mãos. Ele arremessou o objeto contra ela, acertando suas costas e quebrando a jarra, provocando cortes nas costas da mulher e na orelha direita.

Um outro trabalhador da fazenda viu a situação e deu socorro à vítima até ao Pronto Socorro, deixando-a para atendimentos médicos. A PM foi acionada e localizou o homem, que contou que após trabalhar pela manhã, havia comprado uma garrafa de cachaça e começou a beber, momento em que a esposa retornou para sua casa.

Ele alega que na discussão a mulher arremessou a jarra contra ele, sendo que ele teria rebatido o objeto com o punho, quebrando a jarra e provocando um corte profundo no punho direito. Ele afirma que os cacos de vidro acertaram as costas e a orelha da mulher, que saiu correndo da casa. O homem ainda negou que tenha dado um soco nela.

Ambos passaram por avaliação médica e o homem foi preso em flagrante pelas agressões. A mulher manifestou desejo de representar contra o marido.

Rodrigo Portari

Jornalista, doutor em Comunicação.

%d blogueiros gostam disto: