Bruno Augusto apresenta protesto contra falta de responsabilidade por parte de empreiteira na BR-153

Nas últimas semanas os perigos da BR 153 no trecho que liga Frutal e Fronteira têm tomado todas as atenções dos frutalenses. A situação que antes se concentrava na grande quantidade de buracos, agora, migrou para o novo asfalto feito por uma empresa privada. Em alguns locais a empresa deixou desníveis que são um verdadeiro perigo aos motoristas, e possivelmente, causa de acidentes gravíssimos ao longo da rodovia.

Além disso, a falta de uma sinalização adequada tem levado, principalmente, os moradores do povoado de Pradolândia ao risco eminente de acidente onde a rodovia corta o povoado. Antes não era permitida a ultrapassagem, porém, com a nova sinalização, e muito precária, tal manobra é autorizada. O que coloca pessoas e crianças em sérios riscos.
O serviço está sendo considerado pela Câmara de Vereadores de péssima qualidade. É o que expressou o vereador Bruno Augusto na reunião da última segunda quando manifestou sua preocupação com os problemas que envolvem os trabalhos de recapeamento da rodovia. Para o vereador de Aparecida de Minas a obra é uma verdadeira “bagunça”.
Ele destacou ainda outro ponto, assim como o trecho da rodovia em obras, que também gera problemas. “Que é o caso da cruzeta. Há uma promessa política que iria trazer recursos e até agora não trouxeram. Está ficando apenas na promessa. Agora essa rodovia que já por si só muito perigosa e muito movimentada. Já passou da hora de duplica-la e até agora não foi”.
Bruno Augusto disse ainda que os problemas da rodovia estão se agravando justamente porque há uma empresa fazendo o que ela chamou de “uma verdadeira lambança. Temos o problema do asfalto que, hora ele sobe, hora ele desce. Muito desnivelado. Acostamento que chega a medir cinco centímetros, a sinalização totalmente errada. Em frente à Pradolândia, que é um povoado, que já deveria ter um radar o local mudou a sinalização. Autorizando aos veículos ultrapassarem em uma região urbana”.
O vereador ainda disse que fará, juntamente com os demais vereadores, uma representação ao DENIT para que o órgão tome as devidas providencias em relação ao trabalho executado pela empresa na rodovia.

 

Rodrigo Portari

Jornalista, doutor em Comunicação.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: