Ofício da FESF comprova que Toninho Heitor não atuava em nome da fundação

Ofício encaminhado à Justiça Eleitoral pela FESF comprova que Toninho Heitor jamais exerceu papel de direção na entidade, o que põe por água abaixo uma das acusações de impugnação movida contra ele por Ana Cláudia Marchi, irmã da prefeita Ciça e presidente do PTN.

O documento destaca que Toninho não tinha qualquer função executiva dentro da FESF e essa argumentação deverá ser suficiente para o arquivamento do processo.

Confira a íntegra do ofício protocolado na Justiça Eleitoral. (clique no arquivo para ver em tamanho original)

=

Enquanto a sentença final dos processos não é dada, o único candidato a prefeito que já teve seu pedido DEFERIDO é Ésio dos Santos, conforme pode ser constatado pelo DivulgaCand2012.

==

Agora é aguardar o resultado das outras ações envolvendo Toninho Heitor e Mauri Alves.  A opinião de juristas é que a situação mais complicada é a do PSC, mas que apenas o juiz Stefano Renato sabe qual será o destino dos candidatos.

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.