Operação “Torrentes” prende membros de facção criminosa e apreende joias, dinheiro e outros bens

Aproximadamente 80 policiais militares, seis policiais civis, dois promotores estão empenhados no cumprimento de 8 mandados de prisão e 18 de busca e apreensão na região.

Os alvos são estabelecimentos comerciais e membros de facção criminosa suspeitos de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

A operação “Torrentes” foi desencadeada na manhã desta quinta-feira (28) pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) Regional de Uberaba e a 4º Promotoria de Justiça da Comarca de Frutal.

Conforme informações repassadas pelas forças de segurança envolvidas na operação, dois dos alvos já estão presos em Frutal.

O comandante da 5ª Região da Polícia Militar (RPM), Cel. Lupércio Peres, informou que, até o momento, foram apreendidos mais de R$50 mil em dinheiro, drogas, munições, jóias, veículos, computadores, celulares e documentos. Uma pessoa foi conduzida por uso de drogas durante o cumprimento de um dos mandados.

A investigação, que teve início no mês de abril deste ano, apurou que a organização criminosa atuava nas cidades mineiras Frutal, Iturama, Conceição das Alagoas, Campina Verde e, ainda, em Batatais, em São Paulo.

Eles mantinham pontos de tráfico de drogas dentro de estabelecimentos comerciais e da penitenciária do município de Frutal.

A operação contou com o apoio da 5ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais, Gaeco de Franca, Polícia Militar de São Paulo e Polícia Civil de Frutal.

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: